Como o mindfulness impacta o dia a dia da empresa?

Por 13 de setembro de 2018Qualidade de vida no trabalho
Mindfulness

Provavelmente, você já vivenciou ou notou alguém que não estava prestando atenção em algumas partes de uma importante reunião, não é mesmo? Esse tipo de situação é muito comum e pode atingir todos nós, independentemente de estarmos em um compromisso de trabalho ou em um jantar com os amigos.

Mas como melhorar a disposição, foco e concentração e reduzir o índice dessas ocorrências? Por meio do mindfulness! A seguir, conheça essa prática e entenda quais são os benefícios que ela oferece para as empresas e os funcionários.

O que é o mindfulness?

O mindfulness é uma prática de meditação criada pelo médico e cientista Jon Kabat-Zinn. Ele começou a introduzir técnicas de meditação no seu trabalho com os pacientes que se encontravam em estado de estresse ou dores crônicas.

As técnicas surtiram efeitos extremamente positivos, o que resultou em estudos mais aprofundados sobre a prática, que tem como característica principal ser um estado psicológico que tem como objetivo nos mostrar se estamos atentos ao presente, de maneira intencional, e não como meros julgadores das nossas experiências.

Desse modo, a partir do mindfulness, podemos desenvolver a melhor percepção das sensações corporais, dos pensamentos e das emoções diante de variadas situações, sem reagir de maneira automática.

Essa percepção mais ampla das ações faz com que os indivíduos tomem decisões funcionais e conscientes, sempre voltadas ao modo positivo de lidar com os desafios do dia a dia.

Quais são os benefícios do mindfulness?

O exercício do mindfulness traz inúmeras vantagens para as empresas. Afinal, essa técnica oferece muitos benefícios aos colaboradores, que conseguirão, por meio dela, reconhecer em si mesmos boas qualidades. Esse progresso no autoconhecimento reflete automaticamente nas rotinas de trabalho. Os principais ganhos do mindfulness para quem o pratica são os seguintes:

  • mente mais calma;
  • maior concentração na execução das tarefas;
  • redução dos quadros de ansiedade e estresse;
  • aumento da criatividade;
  • emoções positivas mais evidentes;
  • ampliação da capacidade de raciocinar se os pensamentos são juízos de valor ou meros julgamentos;
  • melhoria do desempenho cerebral;
  • aperfeiçoamento contínuo no bem-estar e na qualidade de vida.

Quais são as vantagens que o mindfulness traz para as empresas?

Atualmente, manter a atenção plena das equipes no local de trabalho é a principal ambição de muitas empresas. No entanto, nem sempre todos os colaboradores conseguem atingir o nível exigido.

E isso é muito normal, uma vez que estamos falando de pessoas com costumes, modos de vida e pensamentos diferentes. Para que as organizações, junto com os seus funcionários, consigam atingir esse patamar de plena atenção, muitos gestores estão aplicando a técnica do mindfulness, a fim de que os objetivos sejam alcançados.

A prática traz para os funcionários benefícios que influenciam diretamente na sua produtividade. Entre os principais, podemos destacar a redução do estresse, o alívio de quadros depressivos e de ansiedade, o aumento no foco e na concentração, a redução de ausências sem justificativas e a visão positiva sobre os desafios.

A partir da prática do mindfulness, as pessoas conseguem desenvolver habilidades básicas para enfrentar os obstáculos encontrados na rotina laboral e também na vida privada.

No momento em que a empresa oferta a meditação para os seus funcionários, ela está ganhando profissionais com uma criatividade mais aguçada e centrados nas tarefas e nas metas propostas.

E essa prática está sendo testada por muitas organizações, como veremos no próximo tópico.

Quais empresas já estão adotando o mindfulness como estratégia?

Sim! Organizações do mundo inteiro estão investindo na prática do mindfulness para melhorar a experiência dos seus colaboradores. Conheça alguns exemplos.

Google

A multinacional, que atua com serviços online e softwares, tem a sua sede nos Estados Unidos e é conhecida por ser uma instituição gigante da tecnologia.

Na empresa, a técnica do mindfulness é realizada com os colaboradores no início das reuniões. Além disso, o Google oferece o curso “Procure dentro de você”, que apresenta a prática do mindfulness, do qual todos os funcionários participam.

Para que o mindfulness seja praticado da melhor maneira possível, a empresa conta com um colaborador responsável por essa área e que foi treinado no Vale do Silício. O facilitador tem como missão principal estimular os profissionais a serem mais engajados, felizes e produtivos, a partir da prática constante da meditação.

3M

Muito conhecida por seus adesivos, esponjas e utilidades para as rotinas de pessoas físicas e empresas, a companhia teve o processo de mindfulness implementado pelo seu CEO, Jorge Lopez. O treinamento de mindfulness na 3M abrange oito encontros semanais, com um tempo aproximado de uma hora e meia, e é realizado em grupos.

Facebook

Desde o momento em que um funcionário começa a trabalhar na empresa, ele tem à disposição aulas de meditação gratuitas. A prática é tida como um processo tão importante para a instituição que, anualmente, o fundador, Mark Zuckerberg, junto com fundadores de empresas de tecnologia da Califórnia, participam de uma conferência chamada “Wisdow 2.0”, que aborda assuntos relacionados ao uso da meditação na era digital.

Vivo

No Brasil, a empresa de telefonia está gradativamente incluindo a meditação na rotina de trabalho. Um exemplo disso é a implementação de uma sala exclusiva para os funcionários praticarem o mindfulness, em um espaço mais relaxado e ambientado para momentos de meditação.

Mead Johnson Nutrition

Após observar os resultados que o mindfulness trazia para os funcionário das fábricas da Ásia, o presidente da MJN, Nestor Sequeiros, implementou a prática na unidade do Brasil.

Os funcionários têm a oportunidade de participar de um curso voltado à meditação. Aqueles que adotarem a prática podem realizar os seus exercícios durante 25 minutos, pela manhã e pela tarde.

Intel

A multinacional do ramo da tecnologia, localizada no Vale do Silício, teve a iniciativa de implementar cursos de meditação para os seus funcionários. Após aproximadamente 19 sessões de meditações que os colaboradores participaram, os benefícios apontados foram significativos. Dentre eles, destacam-se a diminuição do estresse e o maior contentamento com as tarefas do dia a dia.

Para que o mindfulness tenha sucesso nas empresas, é necessário que ele seja tido como um hábito, ou seja, precisa fazer parte do cronograma de funcionários e gestores, com frequência regular.

Um exemplo para introduzir a prática no seu trabalho é o seguinte: dedique 10 minutos do expediente, em turno predefinido, para treinar a mente e conseguir aumentar a capacidade de foco, concentração e positividade. Adotando o mindfulness como uma tarefa diária, é possível expandir a capacidade de produtividade dos funcionários da empresa e atingir resultados satisfatórios nas atividades.

Gostou de ler este artigo sobre mindfulness e entender como esse método impacta as empresas positivamente? Então, aproveite e assine já a nossa newsletter. Desse modo, você vai receber todas as nossas novidades na sua caixa de entrada!

Comentários

Comentários