Entenda por que investir em equipamentos de proteção individual

Por 2 de julho de 2018Saúde ocupacional
equipamentos de proteção individual

É comum que muitas empresas enxerguem a segurança de seus funcionários apenas como uma obrigação legal. Contudo, é preciso mudar esse pensamento com urgência. O uso de equipamentos de proteção individual é uma forma de salvar vidas e ainda assegurar processos e operações de qualidade. Um simples acidente pode se transformar em prejuízo e exigir até mesmo que as atividades do local parem por tempo indeterminado.

Enquanto isso, o colaborador afetado pode ter que arcar com sérios problemas de saúde, sem contar o abalo psicológico causado pelo trauma ou susto. Nesse contexto, será que vale mesmo a pena colocar tantas coisas importantes em jogo? Na verdade, o ideal é que os EPIs sejam vistos como uma responsabilidade corporativa e até mesmo uma questão de ética e respeito com toda a equipe.

Mas, se você ainda tem dúvidas a respeito do assunto, e precisa de mais motivos para ir atrás dessa adaptação, não se preocupe. Leia este artigo para ter acesso a informações importantes que, com certeza, vão evidenciar a importância dessa providência!

Por que a empresa deve investir em equipamentos de proteção individual?

Melhorar serviços e manter um excelente padrão de qualidade não são os únicos motivos para determinar a utilização de equipamentos de proteção individual. Aqui está uma lista completa de razões para que você adéque e equipe seu pessoal com as ferramentas necessárias o quanto antes.

1. Diminuir riscos

Quando se fala em equipamentos de segurança individual, logo se pensa na equipe que precisa utilizá-los. Ainda que alguns colaboradores se distraiam e esqueçam de colocá-los, é sua responsabilidade oferecer a eles sempre o melhor.

Fábricas, indústrias e oficinas apresentam vários riscos de acidentes que podem ser evitados simplesmente com um equipamento de qualidade, portanto, disponibilize tudo o que for necessário para cada função específica e garanta segurança até nos processos mais simples e rápidos.

2. Aumentar a motivação da equipe

Salários em dia e ambiente agradável são fatores que ajudam bastante a manter a motivação da equipe em alta, mas a valorização dos funcionários também acontece por meio dos cuidados e da preocupação que a empresa demonstra a respeito de sua integridade física. Por isso os EPIs são tão importantes. Ministrar treinamentos e orientações para reforçar a importância dessas proteções também pode ser uma maneira de engajar e envolver os colaboradores para um uso constante e correto de cada elemento.

3. Investir em segurança

Gasto de energia e compra de materiais de limpeza e de escritório são considerados como custos dentro de uma empresa. Os equipamentos de proteção individual, por sua vez, devem sempre ser vistos como investimento.

Por mais que o negócio não deixe de funcionar, sem eles, existem muito mais chances de prejuízos e imprevistos acontecerem. Sendo assim, investir em segurança é uma forma de evitar dores de cabeça, como processos trabalhistas e pessoas machucadas, e ainda garantir total tranquilidade na hora da fiscalização.

4. Apresentar uma boa imagem da empresa

Além de questões legais e financeiras, a empresa deve sempre estar atenta à imagem que passa para clientes e parceiros. Sem dúvidas, uma organização que reconhece a importância de seus colaboradores e preza pela segurança e saúde deles, se posiciona muito melhor do que uma que deixa esses detalhes de lado em seus processos internos.

Cuidar de quem está ali dentro é uma forma de mostrar que a mesma preocupação se aplica na hora da entrega dos produtos e dos serviços.

5. Garantir o funcionamento da oficina

A segurança da oficina não se dá apenas pelo uso de EPIs. Muitos outros materiais estão ligados a ela, portanto, é indispensável realizar manutenções periódicas nas instalações e máquinas do local. Assim, os funcionários se sentem mais à vontade para trabalhar e manusear equipamentos em geral e realizam um trabalho sempre pontual e de qualidade.

Como a legislação atua sobre esse tema?

A legislação brasileira é bastante exigente sobre o uso de equipamentos de proteção individual. Para começar, a Norma Regulamentadora NR6, contida na Portaria 3.214/78, torna obrigatório o uso dos EPIs. Caso a empresa não respeite as determinações, pode arcar com ações cíveis e penais, além do pagamento de multas. Já a Lei 6.514/77 visa a garantia de segurança e saúde do trabalhador.

Ela também ressalta que os equipamentos devem ser cedidos gratuitamente aos colaboradores e estar em perfeito estado para uso. É importante lembrar também que os EPIs não evitam acidentes em si quando o risco está ligado diretamente à função do colaborador e à exposição ao agente causador. Porém, eles podem minimizar consequências e proteger contra lesões e doenças ocupacionais no geral.

Quais são as vantagens de se ter ações relacionadas ao uso de EPIs?

Antes de disponibilizar equipamentos de proteção individual aos colaboradores, não se esqueça de conferir que todos eles tenham certificação de aprovação expedido pelo Ministério do Trabalho. Se tudo estiver em ordem, conscientize os funcionários a respeito do uso. Depois, basta aproveitar as vantagens que ele oferece:

Economia

Empresa que exige uso de EPIs economiza. Como? Bem, é preciso tirar o foco do custo da aquisição e se lembrar que eles ajudam na prevenção de acidentes. Isso significa menos indenizações e licenças médicas que atrapalham o andamento de projetos e exigem um gasto maior e inesperado.

Segurança

Por mais triste que seja dizer isso, é importante considerar que muitas pessoas que sofrem acidentes de trabalho precisam lidar com as consequências para o resto da vida. Por vezes, o dano é tão sério, que resulta em perda de audição e de membros do corpo. Então, não há motivo para submeter sua equipe a algo tão irreversível. É muito melhor que a segurança esteja sempre ali, ao alcance de todos.

Funcionários conscientes

Ações de conscientização e treinamento para uso de EPIs formam funcionários mais preparados, exemplares e adeptos a bons hábitos de trabalho. Organize atividades em grupo, estabeleça essa necessidade como uma regra interna e crie hábitos de fiscalização para motivar a equipe a não cometer deslizes.

Conquistas, como setores que não registram acidentes há um tempo ou que têm maior número de funcionários que nunca se esquecem de colocar o equipamento, devem ser reconhecidas, para inspirar os demais colegas.

Precisa de orientações para implementar e investir corretamente em equipamentos de proteção individual? Não se preocupe: a BeeCorp pode te ajudar. Entre em contato conosco! Será um prazer atendê-lo!

Gostou do artigo? Leia também:

Comentários

Comentários