Quiropraxia: conheça os benefícios dessa técnica para o ambiente organizacional

Por 6 de novembro de 2018Saúde ocupacional
quiropraxia

A quiropraxia tem ganhado espaço por se tratar de um método de terapia com o uso das mãos e capaz de diagnosticar, prevenir e tratar problemas ligados ao sistema musculoesquelético, principalmente da coluna vertebral.

Quem passa muito tempo sentado costuma conviver com desconfortos e dores na coluna. Essas dores são o resultado de diversos fatores usualmente relacionados com má postura, movimentos repetitivos, falta de alongamento e até mesmo eventual tensão, esta última muito sentida na área do pescoço.

Buscando melhorar a qualidade de vida no ambiente organizacional, diversas empresas vêm inovando ao procurar serviços que levem aos funcionários um alívio nos sintomas de estresse e cansaço, além da prevenção contra as doenças laborais.

Entretanto, muitas pessoas não sabem exatamente o que é quiropraxia, pois ela não é uma técnica largamente divulgada. Quer entender mais sobre o assunto? Continue a leitura do texto e veja como essa forma de medicina alternativa poderá trazer muitos benefícios ao ambiente organizacional!

Como a quiropraxia surgiu?

A quiropraxia surgiu nos Estados Unidos, quando David Daniel Palmer, em 1895, alinhou a coluna de um zelador que sofria de forte incômodo, ao perceber que as dores eram provenientes de uma vértebra deslocada. Então, em 1897, foi criado o Palmer College of Chiropractic, primeira escola especializada nessa técnica em todo o mundo.

No ano de 2005, a quiropraxia foi definida pela Organização Mundial de Saúde (OMS) como uma profissão da área de saúde adequada para tratar e prevenir doenças no sistema musculoesquelético, assim como seus efeitos na saúde como um todo.

Já no Brasil, a quiropraxia começou a ser divulgada apenas a partir de 1992, quando foi criada a Associação Brasileira de Quiropraxia. Ainda assim, não se trata, ainda, de um método muito difundido. Calcula-se que, atualmente, existam por volta de 90 mil profissionais quiropratas em todo o mundo.

E o que exatamente é a quiropraxia?

Essa prática consiste em um tratamento cujo foco é restaurar e preservar a saúde, utilizando-se de técnicas manuais capazes de prevenir e melhorar subluxações vertebrais que causam dor e desconforto.

Trata-se de um método geralmente indolor, que investe em ajustes da coluna vertebral de forma a restaurar as funções corretas do sistema nervoso, corrigindo disfunções e possibilitando ao corpo uma cura natural.

Para tanto, é aplicada uma força precisa na região específica que se quer tratar, capaz de realinhar as regiões prejudicadas, o que permite que o fluxo neural seja normalizado e os desconfortos venham a desaparecer.

Como utilizar a quiropraxia com seus funcionários?

Problemas como má postura, movimentos repetitivos, estresse e sedentarismo são comuns no ambiente organizacional e causam um desalinhamento entre as vértebras, impedindo que se movimentem normalmente, gerando dores e desconfortos. A longo prazo, podem, ainda, ocasionar doenças graves, além de influenciar diretamente o rendimento profissional do colaborador.

A quiropraxia, além de corrigir esses desvios, é bastante útil em tratamentos para irritação, estresse, tensão e demais mazelas que possam acometer quem convive em um ambiente organizacional.

O tratamento geralmente é feito em uma sala reservada, com sessões de 15 a 30 minutos e resultados bem interessantes em curto prazo. Para tanto, o profissional deverá fazer uma avaliação, indicar a quantidade de sessões necessárias e criar um protocolo de tratamento personalizado.

Quais os benefícios que a técnica pode trazer?

É fundamental lembrar que o corpo necessita de atenção e cuidados para que continue funcionando adequadamente. São inúmeros os benefícios gerados pela aplicação competente de manobras quiropráticas, já que ela é capaz de corrigir as disfunções do corpo e aliviar dores. Dentre elas, podem ser citadas: a diminuição da dor, um amplo relaxamento, a melhora na mobilidade e o alinhamento do corpo.

Outro benefício importante é que o paciente passa a ter mais consciência corporal e aprende técnicas que pode aplicar no seu dia a dia, de forma a proteger seu sistema espinhal de futuras lesões. A quiropraxia, além de tratar, é conveniente para a prevenção de doenças funcionais, gerando conforto ao funcionário e incríveis benefícios à empresa, que passa a ter um profissional saudável por muito mais tempo.

Qual é seu impacto no ambiente organizacional da empresa?

O tratamento em questão é indicado para o ambiente corporativo justamente por atenuar algumas das maiores queixas dos colaboradores. É comum que as pessoas trabalhem exageradamente com determinados grupos musculares em suas funções e sofram compensações posteriores, causando novas dores.

As pessoas mais estressadas provocam também um ambiente funcional mais tenso, que não é propício para a criatividade e a produtividade.

A empresa ainda acaba se beneficiando financeiramente de várias formas, já que contará com colaboradores mais dispostos e melhorará a saúde dos funcionários, poupando, assim, despesas futuras com saúde, com ocasionais faltas ao trabalho, benefícios previdenciários e afastamentos. Diminui também a sinistralidade dos planos de saúde.

Que desordens podem ser tratadas com a quiropraxia?

Além de problemas relacionados ao estresse e tensão emocional, a quiropraxia é bastante eficiente no tratamento de cervicalgias, hérnias de disco, desequilíbrios físicos provenientes de fatores externos, desvios posturais e compressão de nervos espinhais — sem falar que é bastante relaxante.

Entretanto, como qualquer tratamento, a quiropraxia apresenta algumas contraindicações. É fundamental encontrar um profissional qualificado que faça uma avaliação do quadro geral de cada paciente, com a finalidade de evitar lesões ou complicações futuras.

Não é necessário que o quiroprata tenha prévia formação em Fisioterapia, mas observe se o curso que ele realizou traz a certificação do Ministério da Educação (MEC) e segue as diretrizes da Organização Mundial de Saúde.

É mesmo um procedimento seguro?

Por fim, é interessante mencionar que a quiropraxia, embora não seja muito difundida no Brasil, é um procedimento bastante seguro e traz circunstâncias altamente positivas para os colaboradores de uma organização. Em geral, pode ser realizado em pessoas de qualquer idade e oferece resultados duradouros.

Consequentemente, se mostra viável financeiramente por evitar gastos futuros com afastamentos, faltas, planos de saúde e inaptidões para o trabalho. É importante salientar, ainda, que se trata de uma forma alternativa e sustentável de cuidar da saúde física e emocional dos funcionários, além de demonstrar o comprometimento da empresa com o bem-estar da equipe e auxiliar na retenção de talentos.

Sabemos como é difícil encontrar equilíbrio entre a rotina profissional e a vida pessoal. Por isso, estamos sempre dispostos a buscar soluções capazes de otimizar o ambiente organizacional.

Agora que você já sabe o que é quiropraxia e de todos os seus benefícios, assine a nossa newsletter para ficar por dentro de novas dicas![Blog] Autores_Bárbara Galan

Bárbara Galan (Supervisora Operacional BeeCorp)

Fisioterapeuta (CREFITO 207223-F), especialista em Saúde do Trabalhador e mestranda em Ciências da Neuroreabilitação.Redes Sociais_LinkedIn

Comentários

Comentários