Blog da Beecorp

Certificação Ergonômica
Ergonomia

Certificação ergonômica: o que é e como alcançá-la

Os gestores já perceberam que além de cumprir a legislação, a ergonomia traz inúmeros benefícios para a saúde e segurança do colaborador. Afinal, a ergonomia proporciona uma melhoria na relação do homem com seu ambiente de trabalho, otimizando os processos e interferindo diretamente na qualidade e produtividade em geral (Turella, 2011).

Além disso, ao cuidar do colaborador, a empresa demonstra que se preocupa com sua equipe, gerando uma maior satisfação. Os clientes e a sociedade também valorizam esse tipo de ação, beneficiando a imagem da empresa.

Além da implantação, a empresa precisa fazer também uma boa gestão da ergonomia, para garantir os benefícios e fazer valer o investimento. E assim, a empresa pode conquistar a certificação ergonômica. Quer entender melhor como gerir a ergonomia e alcançar a certificação? Confira a seguir.

Certificação ergonômica: porque é importante?

A certificação ergonômica comprova que a empresa consegue adaptar as condições de trabalho às características psicofisiológicas dos trabalhadores, de modo a proporcionar o máximo de conforto, segurança e um desempenho eficiente.

Além disso, demonstra que a empresa busca continuamente tornar o ambiente e as condições de trabalho ideais ao trabalhador, questão muito bem vista e aceita pela sociedade, pelo mercado e, é claro, pelos próprios colaboradores. Sendo assim, a corporação atrai benefícios como:

  • Sensibilização e motivação dos colaboradores;
  • Aumento de produtividade;
  • Redução de custos: através da melhoria do desempenho operacional, redução de acidentes de trabalho e afastamento médicos;
  • Reconhecimento e satisfação dos clientes;
  • Melhoria da imagem e marketing social;
  • Acesso a novos mercados.

Ter uma certificação ergonômica demonstra o quanto a empresa é ética e dedicada à equipe,  atraindo assim uma maior credibilidade, qualidade e capacidade.

Quais são as certificações relacionada à ergonomia?

As principais certificações ergonômicas são:

  • OHSAS 18001:  é uma norma do Sistema de Gestão de Segurança e Saúde Ocupacional. A certificação pode ser alcançada quando a empresa consegue implementar um procedimento formal para redução dos riscos associados à saúde e segurança do ambiente de trabalho.  Para alcançar tal redução, a ergonomia é um fator preponderante uma vez que irá adequar as condições de trabalho para que o colaborador execute suas tarefas com conforto e segurança.
  • BS 8800: a temática principal desta certificação é a implantação de um Sistema de Gestão de Segurança e Saúde no Trabalho eficiente. Foi publicada em maio de 1996, estruturada e de responsabilidade do órgão britânico de normas técnicas denominado British Standards.
  • ISO 9000: tem relevância mundial por tratar-se de um conjunto de normas internacionais que averiguam a existência de um sistema de garantia da qualidade na empresa. No Brasil, o sistema ISO é representado pela ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas).

Como fazer uma gestão eficiente da ergonomia?

Para conquistar a certificação, a empresa precisa ter uma eficiente gestão de ergonomia. Ela pode ser alcançada com os seguintes passos:

1º passo: faça uma análise ergonômica do trabalho

A análise ergonômica do trabalho (AET) é essencial para uma avaliação dos riscos ergonômicos presentes no ambiente de trabalho. Eles podem ser encontrados na operação de máquinas, no uso de equipamentos, nos postos de trabalho, no mobiliário inadequado ou mesmo na forma de execução das tarefas.

Além de rastrear e observar esses riscos, a AET tem o objetivo de propor soluções ergonômicas no intuito de reduzir ou extinguir os riscos existentes. Propiciando assim melhores condições do ambiente de trabalho ao colaborador e uma melhor realização das tarefas laborais.

Após a avaliação, é possível identificar as relações existentes entre a incidência de doenças ocupacionais, acidentes de trabalho e perdas de produtividade com as condições de trabalho.

2º passo: implante o comitê de ergonomia

A implantação de um comitê de ergonomia é fundamental para uma gestão eficiente da ergonomia. É um grupo formado por colaboradores da empresa para analisar os riscos ergonômicos que os colaboradores estão sujeitos e erradicá-los, tendo como base a AET.

Depois de feita a análise ergonômica do trabalho, o comitê de ergonomia deve fazer um estudo e elaborar um plano de ações para implantação da ergonomia na empresa.

3º passo: conscientize os envolvidos e implante as ações

Para que a implementação da ergonomia seja eficiente, é preciso que todos os gestores e suas equipes cumpram as ações. É comum que haja resistência ou mesmo desconhecimento dos benefícios. Por isso, antes de efetivar o plano de ações tome medidas de conscientização.

Faça treinamentos com os colaboradores, demonstre a importância e as inúmeras vantagens que a ergonomia pode trazer para todos. O ideal é conquistar multiplicadores, para que as ações sejam implantadas e a ergonomia propagada dentro da corporação.

4º passo: faço o monitoramento das ações

Após o treinamento e a implantação das ações, é essencial que as ações sejam monitoradas periodicamente. Para mensurar os resultados, é importante realizar questionários qualitativos e quantitativos para compreender as queixas e problemas.

É preciso avaliar se as estratégias adotadas estão dando resultado, como as equipes têm reagido às ações e como os colaboradores estão se sentindo.

5º passo: avalie os resultados

O monitoramento das ações irá gerar dados importantes para avaliar o plano de ação. A partir desse levantamento, é preciso fazer uma análise criteriosa para serem traçadas melhorias, correções e novas estratégias ergonômicas.

As condições e o ambiente de trabalho influenciam diretamente a qualidade do produto e o desempenho dos colaboradores, bem como o seu bem-estar corporativo.

A ergonomia permite a otimização da execução das tarefas e uma melhor adaptação dos colaboradores ao seu ambiente laboral. Além disso, através de uma gestão eficiente da ergonomia é possível potencializar os resultados e alcançar inclusive uma certificação. A mesma trará reconhecimento e relevância para a marca, fazendo com que a empresa se destaque no mercado e amplie suas possibilidades de negócio.

Então, que tal implementar a ergonomia em sua empresa agora mesmo? Converse com a BeeCorp. Somos especialistas em ergonomia, realizamos não só a análise ergonômica do trabalho, mas também implementamos o comitê de ergonomia e oferecemos uma consultoria completa para ajudar a sua empresa a alcançar as certificações ergonômicas.

Ficou com dúvidas? Escreve para gente nos comentários. Será um prazer lhe ajudar.