Blog da Beecorp

DDS: Diálogo Diário de Segurança
Saúde Ocupacional

DDS: saiba o que é e como aplicar na sua empresa

E se disséssemos que é possível prevenir acidentes de trabalho, utilizando poucos minutos por dia e gastando quase nada, você acreditaria? Pois isso existe e se chama DDS — Diálogo Diário de Segurança. Já ouviu falar?

Sabemos que apostar em qualidade de vida, bem-estar e segurança do colaborador é um investimento. Afinal, esse profissional precisa estar com a saúde física e mental íntegra para dar o seu melhor e ter um bom rendimento no trabalho. Funcionário satisfeito e saudável é sinônimo de produtividade!

Quer saber o que é esse DDS, os benefícios e como aplicá-lo na sua corporação? Então, continue a leitura porque é sobre isso que falamos neste post!

O que é DDS?

Como o próprio nome já sugere, o Diálogo Diário de Segurança é uma conversa com os trabalhadores sobre os riscos no trabalho e como evitá-los. Mas não é somente esse assunto que pode ser abordado. Temas relacionados à saúde, ao meio ambiente, ao emocional e às boas práticas também devem estar no roteiro desses bate-papos.

É um recurso do SESMT (Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho) para conscientizar os funcionários para a prevenção de acidentes e para exercer as suas funções de maneira segura para todos.

Além dessa função conscientizadora, o DDS é uma forma de reunir e integrar a equipe, ajudando na troca de informações que podem evitar os danos à saúde de todos os profissionais.

Como funciona?

As informações são repassadas ao trabalhador por meio de um bate-papo conduzido por alguém responsável pela segurança do trabalho ou qualquer outra pessoa que tenha a capacidade de falar sobre o tema exposto, como supervisores, gerentes e especialistas das áreas abordadas.

O DDS não demanda muito tempo, até mesmo para não ficar maçante e repetitivo. De 5 a 15 minutos diariamente, antes do expediente começar, são suficientes para um bom resultado. Com a cabeça fresca, o colaborador consegue assimilar melhor tudo o que foi passado.

Quais são os benefícios do DDS?

Dentre todos os tipos de ações para a promoção da saúde e da segurança do trabalho, quais são as vantagens do DDS? O que a aplicação desse sistema pode oferecer para a empresa e para o funcionário? Confira, a seguir.

Reforço

O DDS pode ser utilizado como uma forma de reforço de conhecimentos que já foram passados em treinamentos, palestras e cursos. É sempre bom relembrar como se faz determinado procedimento de emergência ou como cuidar da alimentação, por exemplo.

Dinâmica

Por ser mais dinâmico, o DDS tem maior aceitação por parte dos trabalhadores. Conversar um pouquinho por dia sobre determinado assunto é menos cansativo do que ficar horas ouvindo, não é verdade? Além disso, essa interação permite uma aproximação maior, deixando o colaborador mais à vontade para tirar dúvidas.

Menos acidentes

Um dos objetivos com o DDS é reduzir os riscos de acidentes de trabalho, por conscientizar e ensinar as normas de segurança. Como o assunto é tratado frequentemente, o funcionário está sempre em alerta.

Mais saúde

Outra intenção do DDS é esclarecer sobre como cuidar da saúde física e mental. Um colaborador saudável significa menores taxas de absenteísmo e maior produtividade.

Como aplicar DDS na minha empresa?

Agora que você já sabe a importância e os benefícios do DDS, chegou a hora de aprender como aplicá-lo na sua empresa de forma a trazer bons resultados.

Informe os funcionários

Tudo começa pelo comunicado aos colaboradores sobre o que é e como é feito o DDS. Fale sobre o local e o horário em que será realizado, deixando-os a par de tudo pois, assim, sentirão que a empresa está atenta e se importa com a sua integridade.

Tenha foco

Estabeleça um objetivo para cada DDS e o que você espera com essa conversa. Mantenha o foco durante todo o bate-papo para que todos os conhecimentos sejam assimilados pelos participantes.

Leve casos reais

Nada é melhor para reforçar o aprendizado do que saber de casos reais. Leve algumas histórias do que pode acontecer se o funcionário não cumprir as normas de EPI’s, por exemplo. É comum as pessoas se sensibilizarem mais e se conscientizarem sabendo de algo que já ocorreu em determinadas situações.

Mantenha uma linguagem simples

De nada vai adiantar o DDS se os colaboradores não entenderem o que foi tratado, portanto, não use jargões e palavras técnicas demais. Prefira uma linguagem leve e simples, pois prende mais a atenção dos participantes e o conteúdo é assimilado com mais facilidade.

Incentive a participação

A troca de informação é sempre muito produtiva. Abra alguns minutos finais para a contribuição dos colaboradores. Trazê-los para a discussão é uma maneira de chamá-los para as responsabilidades que têm com a sua segurança e a dos colegas.

Registre tudo

Tenha todos os DDS documentados para ter maior controle sobre o que já foi falado e qual foi a reação dos participantes. A partir desses registros, você tem noção das maiores dúvidas dos colaboradores e pode tirar mais ideias do que abordar nas próximas conversas.

Apresente assuntos atuais

Além das conversas convencionais de segurança e saúde, convém falar sobre questões da atualidade, desde que tenham a ver com o tema de bem-estar e prevenção de acidentes, obviamente. Evite falar sobre assuntos que possam causar polêmica e mal-estar. Algumas sugestões são:

  • má alimentação e baixa produtividade;
  • como manter hábitos saudáveis;
  • cuidados com a pele;
  • manuseio da gasolina;
  • oficina limpa para evitar acidentes;
  • consumo consciente;
  • sustentabilidade;
  • como ajudar a preservar o meio ambiente;
  • postura corporal;
  • comportamento e a segurança do trabalho;
  • bem-estar no setor corporativo.

Viu como o DDS pode ajudar a sua empresa a diminuir os acidentes de trabalho e melhorar a qualidade de vida dos colaboradores? Com apenas alguns minutos de conversa conduzida de maneira efetiva, é possível melhorar o desempenho da equipe e aumentar a produtividade da corporação.

Quer saber mais sobre as nossas novidades e como a BeeCorp pode ajudar a sua empresa? Então, nos siga nas redes sociais — Facebook, LinkedIn e YouTube — e não perca nenhum conteúdo!