Blog da Beecorp

Janeiro Branco: abrace essa causa!
Qualidade de Vida Saúde

Janeiro Branco: saiba como abraçar essa causa!

O início de um novo ano traz projetos, expectativas e esperanças para todos em uma organização. No entanto, as boas condições de saúde mental e emocional precisam estar presentes para acompanhar os compromissos dessa época, uma vez que costumam ser mais intensos.

Assim como existe um impulso tradicional para aprimorar o condicionamento físico e a alimentação, é estratégico aproveitar o momento para também cuidar dos seus aspectos emocionais.

Pensando nisso, o Janeiro Branco surgiu como uma oportunidade de cuidar da saúde em sua forma mais ampla. Com um espírito semelhante ao Outubro Rosa e o Novembro Azul, o mês branco tem como objetivo alertar e conscientizar a comunidade acerca de um tema atual, mas pouco explorado pela população.

Quer saber mais sobre o assunto° Continue a leitura e descubra como abraçar essa causa!

O que é Janeiro Branco?

Tradicionalmente, janeiro é o mês da virada e a época em que se pretende dar início às realizações que não foram devidamente alcançadas no passado. Sonhos e projetos importantes trazem expectativas e renovam as esperanças de uma vida melhor, muitas vezes tão desejada.

Por isso mesmo, se torna o momento mais adequado para se pensar na qualidade de vida e adoção de melhores cuidados com a saúde mental. Com isso, o primeiro mês do ano foi escolhido para promover iniciativas em prol da saúde emocional e dar uma atenção maior ao tema.

O Janeiro Branco foi criado por psicólogos como um convite para iniciar discussões sobre a importância dos cuidados na busca por qualidade de vida. O resultado é que se realiza também um trabalho preventivo ao adoecimento emocional e, portanto, avançando e promovendo o conceito de saúde.


Por que é importante promover esse tema?

As abordagens e os cuidados com a saúde mental costumam ser vistos ainda com olhares equivocados e preconceituosos, construídos ao longo de muitos anos de desatenção acerca do assunto. Por sua vez, o movimento Janeiro Branco promove iniciativas que conduzem as pessoas ao autoconhecimento e ao alcance de sua capacidade de lidar com o dia a dia.

Durante a campanha, são oferecidos caminhos e alternativas capazes de reduzir os impactos negativos de experiências pessoais que abalam, aborrecem e criam mal-estar crescente. Essas situações comuns podem evoluir facilmente, por exemplo, para transtornos que se traduzem em ansiedades e alterações de comportamento, como o isolamento.

É por isso que se considera a importância da campanha Janeiro Branco residindo, sobretudo, no fato de chamar a atenção para os componentes mentais e emocionais da saúde. Isso significa um esforço maior para se alcançar o bem-estar físico e emocional como prescreve a Organização Mundial da Saúde (OMS) em seu conceito ampliado de saúde.

Qual a sua importância no contexto organizacional?

Sabe-se que a saúde mental no Brasil tem se caracterizado por apresentar recordes mundiais de ansiedade e depressão. Os números realmente impressionam: 9,3% da população brasileira é considerada ansiosa, o que significa quase 20 milhões de pessoas.

Ao mesmo tempo, o ambiente de trabalho é um dos mais fortes componentes na formação desse exército de indivíduos ansiosos e depressivos. Para as empresas, de modo geral, essa realidade se traduz por baixa produtividade, mais ocorrências de absenteísmo e mais dificuldade em se evitar o turnover (alta rotatividade de funcionários), entre outras.

Desse modo, a saúde mental no trabalho apresenta, atualmente, uma urgente necessidade de abordagens objetivas, assim como de conscientização de todos os indivíduos, gestores ou colaboradores. Para esse fim, se apresenta o Janeiro Branco e suas estratégias de ação que, naturalmente, não deveriam se limitar ao mês de janeiro.

Trabalhos dessa natureza, que valorizam a pessoa do colaborador e reconhecem aspectos da saúde que vão além da ausência de doenças, são capazes de aumentar a autoestima e o autocuidado. Por sua vez, esses são objetivos intrínsecos das abordagens em saúde mental e se traduzem em mais engajamento das equipes.

Como inovar na campanha do Janeiro Branco?

Leve em conta que a campanha do Janeiro Branco pode ser aproveitada para a implementação de um programa mais amplo de saúde mental dos colaboradores da empresa.

Para inovar, de fato, em uma campanha, podem ser utilizadas atividades como as listadas a seguir e o que mais a criatividade sugerir:

  • promova encontros e palestras (podem ser virtuais) destacando a importância do cuidado com a saúde emocional;
  • distribua internamente material gráfico ou digital sobre o tema;
  • implante a prática de pausas programadas durante a jornada, com vistas à redução da carga de trabalho;
  • ofereça quick massage (massagem rápida) na empresa;
  • otimize as instalações do ambiente laboral adequando a temperatura, a ergonomia do mobiliário e a iluminação local, por exemplo;
  • incentive as sugestões para atividades voltadas para redução do estresse ocupacional;
  • crie canais de comunicação e valorize as ideias dos colaboradores;
  • converse mais com as equipes;
  • faça uso da tecnologia disponível para impulsionar o bem-estar na empresa;
  • contrate uma consultoria especializada em qualidade de vida.

Como cuidar da saúde mental da sua equipe?

O primeiro passo é reconhecer a amplitude do conceito de saúde propugnado pela OMS desde os anos 1940. Isso significa tomar consciência de que deve-se buscar um equilíbrio entre as condições físicas e emocionais por cada pessoa e considerar que a organização pode ter uma grande participação nesse processo.

Em seguida, perceber a importância da consolidação efetiva de cuidados com a saúde mental dos colaboradores da empresa. A partir daí, promover um efeito de continuidade das ações implementadas no Janeiro Branco, o que pode ser mais facilmente alcançado com o suporte de uma consultoria especializada em qualidade de vida no trabalho.

Quiz saúde mental na sua empresa
 

Em especial, devem ser consideradas as iniciativas estratégicas de treinamento e capacitação dos gestores para implementação de uma gestão mais humanizada. Dessa forma, é possível perceber mais facilmente as situações de instabilidade e desequilíbrio emocionais porventura ocorrentes nas rotinas da empresa.

Sinais como queda na produtividade, falhas na função e mais ausências podem apontar condições e momentos difíceis e depressivos pelos quais está passando um colaborador. Situações dessa natureza podem chegar aos extremos do suicídio e, por essa razão, o surgimento do Setembro Amarelo, um complemento do Janeiro Branco.

Os cuidados com a saúde em seu conceito ampliado envolvem abordagens e iniciativas capazes de conduzir os colaboradores a um estado de maior equilíbrio mental e emocional no ambiente laboral. Como se viu, existem medidas que podem ser tomadas pela organização e o Janeiro Branco se apresenta como excelente oportunidade.

Se você gostou deste post, continue conosco em nossas redes sociais: Facebook, LinkedIn, YouTube e Instagram.