Blog da Beecorp

Qualidade de vida no trabalho

Os benefícios da massagem no trabalho (e tudo mais que precisa saber)

Que funcionários satisfeitos e motivados produzem mais, todo mundo já sabe. Afinal, quem é que não trabalha melhor em um ambiente agradável? Se você é o responsável por garantir o bem-estar dos colaboradores, confira os benefícios de oferecer a massagem no trabalho.

Não importa qual seja o segmento ou quantos trabalhadores formam o seu quadro de colaboradores, a verdade é uma só: funcionários bem-dispostos são mais produtivos, contribuem mais para a empresa e possuem mais qualidade de vida.

Por esse motivo, as empresas contratam profissionais capacitados para compor o quadro de Recursos Humanos e inserirem práticas que ofereçam um bem imensurável para sua equipe.

Quer saber mais sobre como uma massagem no trabalho pode ser o sucesso de sua gestão? Continue a leitura e descubra como o comportamento do seu funcionário pode ser modificado por meio de alguns minutos de relaxamento e troca de energia.

Como surgiu a ideia de inserir a massagem no trabalho?

Há alguns anos, os norte-americanos observaram um aumento considerável nos casos de afastamento por DORT (Doenças Osteomusculares Relacionadas ao Trabalho) e LER (Lesões por Esforço Repetitivo).

Com tantos funcionários se queixando dos mesmos problemas, as empresas focaram em encontrar formas para minimizar os efeitos do estresse e más condições de trabalho na vida de seus funcionários.

Foi então que, nessa época, a famosa empresa Apple passou a oferecer sessões de massagens aos seus funcionários. O resultado? Redução de faltas, aumento da produtividade, queda no número de lesões e visível aumento da satisfação e bem-estar.

O motivo desses resultados? O sucesso dessa prática só foi possível por meio das diversas técnicas de fricção, amassamento e deslizamento das massagens, que trabalham todo o sistema circulatório, nervoso, linfático e energético, propiciando a descontração e relaxamento da mente e do corpo, assim como evitando a fadiga mental e física.

Com tantos benefícios visíveis já na primeira sessão de massagem, diversas instituições pelo mundo adotam essa prática que minimiza o estresse e ainda gera mais interação entre os colaboradores.

Como a massagem age no trabalhador?

De forma geral, a massagem age nos campos psicológicos e físicos das pessoas, oferecendo diversos benefícios para a saúde.

Quando aplicada no ambiente de trabalho, proporciona minutos de reflexão sobre as relações interpessoais e as principais motivações do funcionário, além de ativar a circulação sanguínea, aliviar dores, estimular o relaxamento, melhorar a qualidade de vida e prevenir os problemas causados por movimentos repetitivos.

Não faltam benefícios para a equipe e para a própria empresa. Os funcionários adeptos dessa técnica sentem alívio imediato das incômodas dores e tensões musculares, apresentam mais disposição, motivação e concentração.

Confira mais onze motivos que fazem das massagens a melhor opção para modificar o comportamento dos seus funcionários:

  1. Previne as principais doenças relacionadas ao estresse, como ansiedade e depressão;
  2. Reduz o número de afastamentos por gastrites, enxaquecas, tendinites e dores de cabeça;
  3. Diminui o índice de faltas e os gastos com assistência médica;
  4. Promove sensação de bem-estar;
  5. Reduz imediatamente a dor muscular e a tensão;
  6. Melhora, estimula e controla a circulação sanguínea e linfática;
  7. Apresenta melhores respostas imunológicas e elasticidade da pele;
  8. Controla a pressão arterial dos funcionários hipertensos;
  9. Reduz a queixa de cansaço e problemas de sono, como a insônia;
  10. Elimina as toxinas e resíduos metabólicos do organismo;
  11. Relaxa e alivia o sistema nervoso.

Como inserir a massagem na minha empresa?

Além dos muitos benefícios, a maior vantagem dessa alternativa para as empresas é que não é preciso muito para sua prática. Basta contratar um profissional adequado, adquirir uma cadeira ou maca específica, separar um local calmo e arejado e reservar um espaço entre as funções e tarefas dos seus funcionários.

Cerca de 10 a 15 minutos duas vezes por semana são suficientes para trabalhar a região lombar, os braços, pescoço, costas e cervical. Após a massagem, é importante também realizar um alongamento antes de voltar ao trabalho.

Também é possível ampliar o local escolhido e atender vários funcionários ao mesmo tempo. A quantidade de pessoas, aparelhos e o tamanho do local varia de acordo com a disponibilidade de tempo e espaço determinado pelo RH.

Caso sua intenção seja oferecer a massagem para uma quantidade média ou grande de funcionários ao mesmo tempo, o ideal é aumentar o número de profissionais contratados para massagear e investir em cadeiras e camas de uso individuais e específicas para as mais diferentes regiões do corpo.

Uma dica valiosa é pedir indicações sobre a eficiência e comprometimento do massagista em questão, pois é indispensável que a pessoa seja especialista e saiba as melhores formas de usar as mãos, óleos e outros utensílios complementares para as sessões de massagens.

Benefícios para a empresa

E não pense que as massagens oferecem benefícios apenas aos trabalhadores. As vantagens para as instituições que aplicam essa técnica são muitas! Confira:

  1. Funcionários mais dispostos e concentrados em suas funções;
  2. Imagem positiva e preocupada com os seus funcionários, posicionando-se como melhor empresa para trabalhar;
  3. Melhoria nos resultados, pois a criatividade e o foco dos funcionários saem das dores e ficam apenas para as tarefas que lhe são designadas;
  4. Redução do número de funcionários insatisfeitos com o ambiente de trabalho;
  5. Aumento da rentabilidade;
  6. Redução do número de intrigas e desentendimentos entre os funcionários, permitindo um ambiente de paz e amigável;
  7. Diminuição do prejuízo mensal causado por funcionários ausentes.

4 maneiras de aplicar a massagem no trabalho

Ainda tenha dúvidas de como implantar essa técnica tão amada pelos profissionais de RH? Selecionamos quatro maneiras para aplicá-la ainda hoje em sua empresa:

  1. Ofereça os serviços de massagem durante o expediente de trabalho mesmo, cerca de 10 a 15 minutos já impactam positivamente na produtividade do dia.
  2. Realize workshops e permita o relaxamento de seus funcionários. Além de melhorar o humor, vai aumentar a concentração de todos os participantes;
  3. Crie uma competição saudável entre os trabalhadores: estabeleça metas e ofereça sessões de massagem como recompensa;
  4. Apresente a massagem nos intervalos dos eventos corporativos, como integração de uma nova equipe, reunião de planejamento estratégico ou qualquer outra ocasião que exija a concentração e motivação dos presentes;

Implementar a massagem no trabalho é a escolha certa para quem deseja promover o bem-estar corporativo.

Gostou deste artigo? Que tal assinar a nossa newsletter para receber mais dicas que vão aumentar o desempenho dos colaboradores e te ajudar a ter uma equipe extremamente satisfeita com o ambiente e com a empresa?

One thought on “Os benefícios da massagem no trabalho (e tudo mais que precisa saber)”

Comments are closed.