Blog da Beecorp

Mudança de hábito
Qualidade de Vida

Mudança de hábito: confira como começar bem o novo ano

O começo de um novo ano encoraja muitas pessoas a se desafiarem e fazerem planos de comportamentos a mudar. Mas a mudança de um hábito é desafiadora e, nem sempre, essas promessas saem do campo das ideias.

Você já se perguntou o porquê de não conseguir alcançar algumas metas? Mesmo que a intenção de mudança seja verdadeira, o fato é que — depois de muitas tentativas frustradas — é preciso avaliar os hábitos que não nos fazem bem e traçar uma estratégia para uma mudança de hábito verdadeira.

Confira nesse material um passo a passo para cumprir as metas planejadas e a importância de repensar alguns hábitos. Boa leitura e comece o novo ano com atitudes e comportamentos renovados!

Por que mudar os hábitos

A ressignificação da existência e do modo de ver a vida se renova com a passagem para um novo ano. Essa atitude desperta em muitos a consciência de que oportunidades são perdidas pela dificuldade de mudança ou pelo apego à aquilo que não gera benefícios.

Insistir em velhos hábitos, que não fazem bem e não contribuem para o seu bem-estar, é o mesmo que fechar os olhos para não enxergar um problema maior que está por vir.

São diversos os fatores que contribuem para que os projetos não saiam da teoria, mas um processo de mudança estruturado, aliado a um planejamento real dos seus passos, pode ser a ajuda que te faltava para ter sucesso na mudança de hábito. Preparado para dar o primeiro passo? Vamos lá!

Passo a passo para a mudança de hábito

Apenas pensar na mudança não vai te ajudar a vencer os obstáculos e desafios. É essencial definir ações claras, trabalhar o seu estado emocional para mergulhar no cerne das questões impeditivas e não só avaliar, mas também reconhecer a necessidade de mudança.

Quer começar o novo ano com uma mudança de hábito significativa em sua vida? Siga agora o nosso passo a passo:

1. Faça uma avaliação sobre suas fraquezas

Mesmo que suas ideais sejam inovadoras e repletas de boas intenções, pode ser que alguma fraqueza esteja inibindo as ações do dia a dia. Avaliar os pontos fracos é de extrema importância para detectar em qual a etapa do planejamento há comportamentos de procrastinação ou estagnação.

Assim você terá a chance de adotar uma postura mais dinâmica e combativa, afastando todo o mal que impossibilita o crescimento e o desenvolvimento pessoal ou profissional.

2. Trace objetivos para vencê-los

Somente colocar os desejos na lista não é certeza de que serão realizados ao longo do ano. É preciso elencar objetivos reais, tangíveis e relevantes, além de estabelecer prazos para alcançá-los.

Seja no trabalho ou na vida pessoal ter objetivos é o que mantém o nível motivacional elevado. Imagine que todos os dias algo novo pode surgir e contribuir para que você alcance suas metas e resultados.

O pensamento positivo, a capacitação e a melhoria contínua são elementos que devem ser estimulados e utilizados diariamente ou em um momento oportuno. Inclusive, elaborar um planejamento estratégico possibilitará uma melhor visualização de todas as etapas a serem cumpridas.

3. Modere nas expectativas

Equilibrar a intensidade dos desejos e moderar as expectativas é essencial para não correr o risco de se decepcionar e desmotivar, principalmente se os objetivos traçados dependerem de terceiros.

Além disso, a rotina acelerada faz com que muitas oportunidades sejam perdidas, pelo simples fato de passarem despercebidas. Em muitos casos, dar prioridades às grandes realizações tira o foco de pequenas interferências do dia a dia que poderiam se tornar mais expressivas.

Criar expectativas é saudável e estimula a força de vontade, mas o excesso pode ser um fardo pesado e você se sentir culpado por não conseguir superá-las ao longo de 365 dias.

4. Repense sua rotina e alimentação

Dormir bem e ter uma alimentação balanceada ajudam a manter a mente e o organismo livres de problemas oportunistas. Quando a imunidade está baixa, por exemplo, a tendência é que toda a rotina seja afetada.

Mas o que isso tem a ver com as metas e objetivos estipulados para o ano? Simples, como ser uma pessoa motivada se os hábitos diários e a alimentação não seguem um protocolo saudável? Você terá sempre a sensação de baixo rendimento e de que não está preparado para desafios pesados.

5. Invista na prática de atividades físicas que goste

A expressão “corpo são, mente sã”, faz todo o sentido nesse contexto. A fadiga mental, por vezes, pode neutralizar as ações e paralisar as atitudes. Quando o corpo entra em contato com alguma atividade física, libera a endorfina — a substância responsável pela sensação de bem-estar.

Escolha uma atividade que seja, ao mesmo tempo, prazerosa e eficiente, o que vai depender da sua personalidade e disposição. O importante é ter uma válvula de escape que permita descarregar a tensão para retomar a rotina, os projetos e os objetivos no dia seguinte.

6. Inspire-se em alguém

Busque inspiração em alguém que seja referência de força, coragem e realização. Tomar como exemplo uma personalidade — do ambiente profissional ou pessoal — que tenha obtido sucesso pelo modo como organiza a vida e persegue as metas, é uma estratégia inteligente.

Apesar de a mudança de hábito estar totalmente ligada aos conceitos pessoais e à vontade individual de vencer as barreiras impostas, é notável que as vitórias alheias funcionam como uma válvula propulsora.

Acordar pela manhã e agradecer por pequenas vitórias vão tornar o seu dia mais leve e refletir na relação com os colegas de trabalho. Atitudes gentis e empáticas voltarão para você com a mesma sintonia com que foram direcionadas.

Os momentos bons da vida são únicos, não importando se vivenciados em um círculo de amigos ou em uma sala de reunião. É fundamental refletir sempre sobre condutas e avaliar onde, como e quando refletem a necessária e transformadora mudança de hábito.

Vale ressaltar que passamos no ambiente corporativo uma grande parte do nosso dia e que a qualidade de vida no trabalho tem total relevância quando o assunto é mudança de hábito — a forma como você enxerga o trabalho e executa as tarefas de rotina diz muito sobre o seu estado de espírito e desejo real de mudança.

Se identificou com o assunto abordado? Este é um grande sinal de que você está disposto a repensar seus hábitos e propor algumas mudanças a si mesmo. Comece com mudanças simples e fáceis de incorporar no seu dia a dia, como se exercitar. Confira todos os benefícios da atividade física.