Blog da Beecorp

Qualidade de Vida

Como e quando fazer uma pesquisa de satisfação de funcionários?

Não são apenas os clientes externos que devem ser alvo dos cuidados de uma empresa. Os clientes internos também merecem sua atenção, ou seja, é importante que ela se preocupe com o bem-estar de seus colaboradores, ouça o que têm a dizer e atenda às suas necessidades. É aí que entra a pesquisa de satisfação de funcionários.

A empresa precisa considerá-los como parceiros, pois eles são uma parte fundamental do negócio. Sem os recursos humanos, nenhuma organização consegue funcionar e manter-se competitiva. Somente o trabalho conjunto proporciona o crescimento almejado pelo negócio.

Siga a leitura e veja como e quando fazer uma pesquisa de satisfação de funcionários!

Qual a importância da pesquisa de satisfação de funcionários?

Por meio dessa estratégia, o gestor pode planejar melhor as ações da empresa, direcionando recursos corretamente e efetuando mudanças com o objetivo de melhorar o ambiente de trabalho e aumentar a produtividade.

A pesquisa de satisfação de funcionários revela como os colaboradores se sentem em relação à organização, quais suas expectativas em relação a ela e o que desejam que seja diferente.

É importante que os funcionários se sintam bem para produzir mais, para que se engajem ainda mais com o trabalho. Eles precisam entender que o crescimento da empresa implica seu próprio crescimento também por meio de melhores salários e da possibilidade de desenvolver suas carreiras profissionais.

Quando a pesquisa deve ser feita?

Devido à sua importância, a pesquisa deve ser feita, no mínimo, uma vez por ano. Contudo, a pesquisa pode ser uma boa alternativa para tentar solucionar alguns problemas ou impasses. Por exemplo, se os colaboradores andam faltando muito ao trabalho, pode ser um indício de que não estão satisfeitos com o trabalho. Se eles se sentem desmotivados, é importante saber o motivo para poder contorná-lo.

Da mesma forma, quando os funcionários começam a chegar atrasados e/ou a sair antes do horário, convém fazer uma pesquisa para saber o porquê de estarem agindo dessa forma. A impressão que passa é que eles desejam ficar o menor tempo possível no ambiente de trabalho.

Os pedidos de demissão recorrentes também são sinais de que alguma coisa não anda bem. Considerando a crise econômica, se muitos funcionários pedem demissão, é porque não estão muito satisfeitos com a empresa. Caso o colaborador adoeça frequentemente, necessitando de atestados ou licenças médicas, talvez o ambiente de trabalho deva ser reestruturado para evitar esses problemas.

Outro motivo para realizar uma pesquisa de satisfação de funcionários é quando os clientes da empresa reclamam muito do atendimento. O funcionário insatisfeito costuma atender mal e até criar situações para sua demissão.

Quando o colaborador começa a errar muito devido à falta de atenção ou desmotivação, a tendência é uma alta queda na produtividade e a constante necessidade de retrabalhos. Fazer uma pesquisa de satisfação é uma alternativa viável nesse momento.

Se os funcionários reclamam muito, vivem fazendo fofocas nos corredores, instigam discórdias e geram intrigas, o clima fica bastante pesado e desagradável. É importante entender o que está acontecendo.

Como fazer a pesquisa?

Basicamente, a elaboração e a realização da pesquisa contemplam os seguintes passos.

1. Defina qual será o foco da pesquisa

O foco da pesquisa deve ser direcionado para o futuro, com base em assuntos que sejam interessantes para os colaboradores. É bom ficar alerta para identificar algum tema que possa ser tratado com mais ênfase. Certamente, os colaboradores alimentarão grandes expectativas em relação aos resultados da pesquisa.

2. Elabore o questionário

Pense no questionário e defina qual será o método para avaliar as respostas, qual tratamento estatístico será aplicado e quais serão os instrumentos de análise. Alinhe as questões com o foco da pesquisa.

As perguntas devem ser objetivas, favorecendo a utilização das respostas como fundamento para aplicar melhorias futuramente. Nesse sentido, devem considerar todos os fatores que envolvem os funcionários, abrangendo a gerência, a estrutura de trabalho oferecida pela empresa, os benefícios recebidos pelos funcionários, qualidade de vida, e outros pontos.

Por ser de natureza especializada, a pesquisa de satisfação de funcionários deve contar com a participação de profissionais capacitados do RH.

O questionário com 3 respostas possíveis

Há muitas formas de elaborar um questionário, como aplicar perguntas que ofereçam a possibilidade de somente três respostas: “sim”, “não” ou “talvez”. Por exemplo:

Pergunta: Meu desempenho é corretamente avaliado pelos meus superiores?

O questionário com diversas alternativas de respostas

Outra possibilidade é elaborar questionários com muitas opções de respostas. Por exemplo:

Pergunta: Que fator dá mais satisfação ao seu trabalho?

  1. Remuneração ( );
  2. Ambiente de trabalho ( );
  3. Estabilidade ( );
  4. Benefícios ( );
  5. Outros.

3. Informe os funcionários a respeito da pesquisa

É importante fazer uma reunião para avisar os colaboradores sobre a realização da pesquisa de satisfação de funcionários, especificando os motivos e realçando a importância da sinceridade nas respostas, além de garantir que o sigilo será mantido. Desse modo, os funcionários terão certeza de que suas opiniões farão diferença no planejamento estratégico da organização.

Defina uma data para começar e encerrar o processo de pesquisa. Também estabeleça uma data para divulgar os resultados. Envie continuamente e-mails aos funcionários lembrando sobre o prazo para responder à pesquisa e a importância de fazê-lo.

Além disso, disponibilize o questionário online para facilitar o acesso dos funcionários e assegurar o anonimato das informações, o que estimulará o engajamento de todos e aumentará a confiabilidade do processo.

4. Trabalhe os resultados e faça um relatório

Na análise dos resultados, defina as prioridades, considerando a situação econômica do momento, seus valores, sua missão — enfim, sua cultura organizacional.

Se for viável desenvolver algumas das melhorias sugeridas, o ideal é aplicá-las no período mais curto possível. Com os resultados logo em prática, o ambiente de trabalho certamente melhorará muito e os benefícios serão rapidamente percebidos.

É importante elaborar um relatório com todas as medidas que serão tomadas a partir dos problemas que forem identificados e de sua gravidade.

Quais erros devem ser evitados?

Em uma pesquisa de satisfação de funcionários, alguns erros devem ser evitados, como:

  • linguagem inapropriada;
  • erros ortográficos e gramaticais;
  • questionário muito extenso;
  • perguntas tendenciosas;
  • ausência de sigilo.

A pesquisa de satisfação de funcionários é uma ferramenta importante para otimizar o relacionamento dos superiores com a equipe de funcionários da empresa, mostrando o quanto eles são importantes para a organização.

Já aplicou a pesquisa de satisfação entre os colaboradores da empresa em que trabalha? Siga a BeeCorp nas redes sociais (Facebook, LinkedIn e YouTube) e confira mais dicas para melhorar a satisfação e produtividade da sua equipe!