Blog da Beecorp

Planejamento Anual
Qualidade de Vida

Veja como criar um planejamento anual voltado para o bem-estar da sua empresa

Como o planejamento anual é um grande aliado dos gestores na promoção do bem-estar? Cada vez mais, percebemos que bons profissionais buscam empresas que cuidam das pessoas, que se preocupam com a saúde física e mental, que garantem conforto e segurança aos seus colaboradores.

Assim como outras ações previstas no planejamento, as ações de bem-estar devem ser sugeridas com base no que foi realizado no ano anterior. É fundamental considerar os resultados, o impacto do que não foi realizado, as propostas de melhorias, a realidade da organização, necessidades e sugestões dos funcionários.

Se interessou? Confira um passo a passo para você elaborar o planejamento anual da empresa com práticas integradas de saúde, qualidade de vida e segurança — beneficiando tanto os funcionários, como o negócio!

Por que é tão importante investir no bem-estar?

Bem-estar é o estado de satisfação e plenitude quanto às exigências que fazem o corpo e o espírito. Além disso, a sensação de segurança no trabalho, conforto e tranquilidade são também sentimentos causadores do bem-estar.

A empresa deve ter a sensibilidade de perceber o clima organizacional, necessidade dos colaboradores e identificar os principais aspectos a serem melhorados. Um ambiente saudável tende a gerar maior produtividade e senso colaborativo entre as equipes.

Os resultados se traduzem na vantagem competitiva que a empresa obtêm. Afinal, pessoas felizes e saudáveis são mais produtivas e constroem organizações mais eficientes. São ganhos para ambas as partes de valor agregado e fidelização.

Em recente artigo publicado pela Maxis Global Benefits Network, uma das principais redes de benefícios do mundo, a empresa que investe no bem-estar de seus funcionários tem maior potencial de crescimento da lucratividade.

Quais os impactos desse investimento dentro da empresa?

Se o capital humano é considerado o maior bem de uma empresa, não espere que o sucesso seja resultante somente das vendas e dos bons negócios. Um ambiente propício e incentivador faz com que cada profissional tenha prazer em trabalhar na empresa e se dedique com maior entusiasmo.

Oferecer cuidado, através de ações de saúde, segurança e qualidade de vida, não apenas aumenta a produtividade e engaja os times, como também pode reduzir exponencialmente as taxas de turnover e absenteísmo.

Funcionários satisfeitos e que percebem o cuidado da empresa, dificilmente deixarão a empresa para se aventurar em outro desafio. Embora o dinheiro seja importante, a nova geração de profissionais está em busca de uma troca além do reconhecimento financeiro.

Se os funcionários se sentem bem e são incentivados a cuidar da saúde e adotar melhores hábitos, é pouco provável que a empresa tenha impactos na produtividade em função de ausências por questões de saúde.

Como criar um planejamento anual pautado na promoção do bem-estar?

Pensar na promoção da saúde e qualidade de vida como investimento e não apenas custo é um ótimo ponto de partida. O planejamento dessas ações deve ser fundamentado no conceito de que funcionários satisfeitos em seu ambiente de trabalho serão sempre mais produtivos e dedicados.

Para criar um planejamento anual que seja estratégico, consistente e aplicável, alguns aspectos devem ser considerados. Confira alguns deles a seguir!

Analise o desempenho do ano anterior

Quais ações foram implementadas e quais resultados ou impactos trouxeram? Considerar o resultado do ano anterior é essencial para repetir e melhorar as ideias de sucesso e substituir aquelas que não obtiveram êxito.

Talvez algumas ações possam ser reformuladas e reaplicadas. O momento da organização e maturidade do negócio podem ter variado de um ano para outro, por isso, seja criterioso na hora de fazer a análise.

Conheça seus colaboradores

Como está a saúde dos colaboradores da sua empresa? Como são seus hábitos? Eles se alimentam de maneira adequada? Praticam atividades físicas? Quais as causas das ausências ou afastamentos? Essas são algumas das perguntas que você deve se fazer e ter as respostas bem mapeadas. Afinal, as ações só serão efetivas com um diagnóstico preciso da realidade e necessidades da sua equipe.

Esse é um bom momento para realizar uma pesquisa e colher informações sobre o que cada colaborador pensa a respeito e quais as ações podem ser mais efetivas. A opinião dos colaboradores tem relevância ímpar para se implementar estratégias de sucesso.

Nada pior que estruturar e implementar um programa com ações que não tenham a adesão da maioria e tragam os resultados esperados. Mais uma vez salientamos: o investimento é necessário e estratégico, mas requer um planejamento à altura.

Crie metas organizacionais relacionadas a hábitos saudáveis

Normalmente, as empresas caminham pautadas em metas e objetivos, principalmente voltadas para as áreas de vendas e compras. Que tal criar uma relação desses desafios com hábitos mais saudáveis?

Se um negócio não sobrevive sem as pessoas, encorajar os funcionários a adotarem hábitos saudáveis é primordial. Seja através da prática de atividades físicas, na mudança dos hábitos alimentares ou do cuidado periódico com a saúde. Nesse sentido, defina metas e recompensas individuais e por equipe para garantir melhores resultados.

Dependendo do tipo de ação é possível, inclusive, criar um sistema de pontuação pela frequência, garantindo algum tipo de premiação para aqueles mais participativos.

Quanto maior o engajamento e adesão, maior será a qualidade de vida e saúde, impactando consequentemente na produtividade.

Invista em ações recorrentes e diversificadas

Um planejamento anual deve ser pensado para abranger toda a empresa e contemplar o maior número de funcionários possível. É fato que alguns serão mais beneficiados que outros, mas o importante é que as ações estejam ao alcance de todos os colaboradores e sejam o mais diversificadas possíveis, para atrair diferentes perfis.

Além disso, é fundamental pensar em um cronograma para todo o ano e valorizar a recorrência para alcançar os resultados. Se uma ação já era realizada no ano anterior e teve bons resultados, considere mante-la na programação. Dessa forma será possível acompanhar as mudanças e evolução dos participantes.

Desenvolva um programa personalizado

Considere sempre as especificidades da empresa e necessidades dos colaboradores para desenvolver um plano personalizado e integrado de saúde, segurança e qualidade de vida. Cada empresa é única e essa customização que irá garantir a efetividade das ações.

Se levarmos em conta que muitas vezes os profissionais passam mais tempo na empresa que em suas casas, é natural que eles encontrem referências no ambiente de trabalho. Por isso, esse investimento no bem-estar é muito estratégico e será, muitas vezes, o ponto de partida para a propagação além empresa.

Percebeu como o planejamento anual é uma potente ferramenta e o ponto de partida para um programa de bem-estar efetivo? Agende um CONSULTORIA GRATUITA com um de nossos especialistas e entenda como estruturar o planejamento anual voltado para o bem-estar!