Blog da Beecorp

Qualidade de Vida

Passo a passo para um processo de recrutamento e seleção de sucesso

Realizar um processo de recrutamento e seleção não é uma tarefa fácil, não é mesmo? É preciso oferecer uma boa oportunidade para atrair os candidatos mais adequados e, ainda, selecionar o profissional ideal para ocupar uma vaga na empresa.

Além disso, sabemos que esse processo envolve tempo e, consequentemente, dinheiro. Portanto, é essencial que ele seja o mais assertivo possível. Pensando nesses aspectos, montamos um passo a passo para garantir que os processos de recrutamento e seleção em sua empresa sejam um sucesso. Confira!

1. Estruture um plano de cargos e salários

Antes de começar a trabalhar de fato na vaga a ser ofertada, é importante que sua organização tenha um plano de cargos e salários definidos. Com isso, você terá um atrativo interessante para oferecer aos candidatos: possibilidade de crescimento na empresa e de aumento de salário mediante tempo ou produtividade.

Indo além, o plano de cargos e salários também beneficia a empresa, que garante a permanência do colaborador por mais tempo ao oferecer esse tipo de planejamento a médio e longo prazo.

2. Defina qual cargo precisa ser ocupado

Com o plano de cargos e salários estruturado, é hora de definir qual cargo precisa de um profissional. Você precisa contratar só uma ou precisa de mais pessoas? É um cargo de gerente, de analista ou de assistente? Quais são os requisitos básicos para preencher a vaga? O ideal nesse passo é conversar com o profissional responsável pelo setor e ouvir as demandas dele. Assim, você tem mais chances de definir o cargo corretamente!

3. Determine o perfil comportamental que você procura

Você já deve ter ouvido algo semelhante à frase “contrate caráter, treine habilidades”. Essa expressão é ainda mais verdadeira quando transformada em “contrate perfil comportamental, treine habilidades”. Isso porque é mais fácil ensinar processos técnicos do que moldar personalidade ou caráter nas pessoas.

Desse modo, recomendamos firmemente que você defina o perfil comportamental mais adequado para a vaga a ser ocupada. Contratar o perfil comportamental alinhado aos valores da empresa e às necessidades do cargo poupa tempo e dinheiro, tornando processo de recrutamento e seleção mais assertivo.

4. Planeje o processo de recrutamento e seleção

Chegou a hora de planejar o processo de anúncio e divulgação de vaga. Nesse passo, é importante responder perguntas como: qual o prazo final para contratar o novo colaborador? Quais serão as datas e prazos para cada etapa do processo? Vou precisar acionar algum outro setor além do meu? Utilizarei algum software para auxiliar no processo de seleção? Em quais canais farei a divulgação da vaga?

Em seu documento de planejamento devem constar as respostas para essas perguntas, bem como demais detalhes que você achar necessários. Ele será o seu guia durante o processo de recrutamento e seleção.

5. Prepare cuidadosamente o anúncio da vaga

Planejamento feito, esse é o momento de preparar o anúncio da vaga. Aqui, você precisa ter muita cautela e fornecer o máximo de informações possível, mas de forma objetiva. Alguns itens essenciais para o anúncio da vaga são:

  • cargo;
  • empresa;
  • carga horária;
  • modo de contratação;
  • principais atividades;
  • requisitos;
  • diferenciais;
  • benefícios;
  • informações sobre envio de currículos.

Algumas empresas optam por não divulgar o valor dos salários, mas isso deve ficar ao seu critério. O importante é deixar claro o tipo de profissional que você procura e o que você oferecerá.

6. Faça a divulgação

Com as informações do anúncio prontas, você precisa fazê-las chegarem ao máximo de candidatos possível, certo? Para isso, você pode utilizar os canais da própria empresa, como as redes sociais, ou canais como o LinkedIn Vagas, e até mesmo sites de vagas de emprego, como VAGAS.com.br e Catho.

Além disso, também é possível fazer divulgação de vagas junto a faculdades locais, entrando em contato com suas coordenações. Esse tipo de divulgação é ideal para vagas de estágio, trainee, assistentes ou colaboradores júnior.

7. Filtre os currículos com atenção

Os currículos chegaram e é hora de filtrá-los! Nesse momento, é importante ter bastante atenção para não deixar escapar um bom candidato ou até mesmo convocar um que não se encaixa na vaga. Se apegue aos requisitos anunciados e combine-os com as habilidades dos candidatos citadas nos currículos.

8. Realize dinâmicas em grupo

Ao selecionar os melhores currículos, é interessante que você os convoque para uma dinâmica de grupo. É em um momento como esse que você conseguirá identificar de forma clara e objetiva o perfil comportamental de cada candidato.

Em uma dinâmica de grupo, você consegue identificar a capacidade de liderança, de resolução de problemas, de lidar com adversidades e de trabalhar de forma colaborativa. Essa é uma etapa muita esclarecedora e na qual você deve investir!

9. Seja prudente na hora da entrevista

Os candidatos convocados para a entrevista já passaram por dois filtros rigorosos: o currículo e a dinâmica de grupo. No entanto, ainda há detalhes a serem descobertos na entrevista. Por isso, é importante ser cauteloso e fazer as perguntas certas.

Por exemplo, é importante ter certeza que o candidato quer aquela vaga e pretende permanecer nela. Afinal, de nada adianta fazer todo um investimento em recrutamento e seleção e o candidato pedir demissão dois meses depois, não é mesmo?

Faça perguntas do tipo: o que você almeja para sua carreira? Onde você se vê em dois anos? Qual seu propósito? Você está realmente disposto a crescer junto conosco? Sinceridade e clareza são essenciais nessa etapa.

10. Mantenha uma boa imagem da marca empregadora

No momento do feedback final, lembre-se sempre de manter uma boa imagem da organização. Mesmo para os candidatos que não foram aprovados no processo de recrutamento e seleção, envie um feedback informando-os. O contato que esses candidatos tiveram com a marca da empresa faz parte da imagem dela e deve ser mantida de forma positiva, ok?

Bom, esperamos que esse conteúdo tenha sido útil para você e que auxilie nos processos de recrutamento e seleção de sua empresa!

Para não esquecer, vamos recapitular os 10 passos citados:

  1. Estruture um plano de cargos e salários;
  2. Defina qual cargo precisa ser ocupado;
  3. Determine o perfil comportamental que você procura;
  4. Planeje o processo de recrutamento e seleção;
  5. Prepare cuidadosamente o anúncio da vaga;
  6. Faça a divulgação;
  7. Filtre os currículos com atenção;
  8. Realize dinâmicas em grupo;
  9. Seja prudente na hora da entrevista;
  10. Mantenha uma boa imagem da marca empregadora.

Caso você queira receber mais posts como este em primeira mão, nos acompanhe nas redes sociais. Estamos no FacebookTwitterLinkedIn e Youtube!

Gostou do artigo? Leia também: