Blog da Beecorp

Bom ambiente de trabalho
Qualidade de Vida

Por que investir em um bom ambiente de trabalho?

Dentro do universo empresarial, existem inúmeros fatores que contribuem para o sucesso de um empreendimento — desde investimentos em marketing até a gestão de pessoas. E hoje vamos falar sobre a qualidade do ambiente de trabalho, um dos aspectos que mais impactam a motivação e a produtividade de uma equipe.

Pela relevância do assunto, fica claro que todo empreendedor deve ficar atento ao clima organizacional de seu negócio e se esforçar para manter o ambiente saudável e construtivo.

Como nós sabemos da importância disso no cotidiano de uma empresa e das dificuldades enfrentadas, principalmente por pequenos empreendedores, trouxemos ao blog um conteúdo para ajudá-lo a entender por que você deve investir em um bom ambiente de trabalho.

Quer aprender? Então, continue a leitura e confira:

Afinal, o que é um bom ambiente de trabalho?

Que um bom ambiente de trabalho é importante para o funcionamento da empresa, você já sabe, mas o que se encaixa nessa definição?

Em resumo, a primeira noção que o empreendedor precisa ter em mente é que um local de trabalho saudável é aquele que contribui para que os funcionários deem o seu melhor e consigam produzir e alcançar bons resultados.

Caso não fosse assim, o melhor a se fazer seria possibilitar que eles trabalhassem em um home office, onde não há tantos fatores negativos e eliminam-se o tempo perdido e o custo com transporte.

Mas, muito mais do que sofás para descanso, cadeiras ergonômicas, decoração lúdica e estimulante e bons equipamentos, um ambiente de trabalho ideal deve se adequar aos funcionários que você tem. Ou seja, cada equipe demanda um local diferente para produzir mais e se desenvolver profissionalmente.

Assim sendo, nem sempre esse ambiente ideal depende de instrumentos físicos. Em alguns casos, aspectos como acompanhamento psicológico, mudança nas cores do escritório ou um lanche saudável podem se transformar em um grande fator positivo para a empresa.

Ou seja, é preciso se manter atento a todas as questões que possam influenciar na produtividade da equipe, buscando eliminar as que atrapalham e aperfeiçoar e implantar boas práticas em seu dia a dia.

Quais os benefícios de se promover um ambiente de trabalho adequado?

Como você percebeu, não existe uma definição única para um bom ambiente de trabalho. No entanto, é fato que esse tipo de estratégia é fundamental para que os funcionários produzam mais, e a empresa cresça de maneira constante e duradoura.

Confira, agora, alguns dos principais motivos para você promover esse tipo de ambiente em sua organização:

1. Afeta positivamente a motivação dos funcionários e colaboradores

Você já parou para refletir o quanto os ambientes que frequentamos podem influenciar nosso humor e disposição para realizar nossas tarefas do dia a dia?

Em casa, por exemplo, quando você discute com algum familiar, o clima costuma ficar pesado, as pessoas não dialogam, o que acaba influenciando demais na motivação de estar ali — às vezes, até procuramos sair um pouco para pensar e retirar aquela carga negativa.

Em uma empresa, a premissa é exatamente a mesma. Se o ambiente de trabalho é saudável e estimulante, as pessoas tendem a se sentir felizes e motivadas. E isso traz um reflexo muito positivo na produtividade e qualidade do que é desenvolvido.

Por outro lado, um espaço de trabalho pesado não favorece o diálogo e interação entre os colaboradores, o que, certamente, prejudica o desenvolvimento de seu negócio.

2. Garante mais qualidade de vida ao trabalhador

Como empresário, você certamente compreende que as pessoas são um de seus maiores bens. Afinal, sem uma boa equipe de trabalho, sua empresa dificilmente chegará longe.

Nesse cenário, cumpre ressaltar que um ambiente de trabalho adequado, com boas instalações, boa ventilação e luminosidade e equipamentos apropriados para a execução das tarefas, acaba sendo um fator determinante para a geração de mais qualidade de vida aos seus funcionários.

Entenda que, como empreendedor, quando você se preocupa com o bem-estar de seus colaboradores e dá a eles condições para trabalharem com conforto e desenvolverem suas capacidades humanas e profissionais, sua empresa é a maior beneficiada.

Assegurar a qualidade de vida ao seu trabalhador é uma atitude extremamente positiva, pois também reflete em sua produtividade. Afinal, quando estamos satisfeitos e felizes com nosso trabalho, nossa vida pessoal também se torna mais equilibrada, e, consequentemente, produzimos mais.

3. Cria uma identidade com a empresa

A criação de uma identidade com a empresa pode ser considerada outro importante benefício que um bom local de trabalho traz ao negócio. Para o sucesso de um empreendimento, é essencial que seus funcionários se sintam verdadeiros atores nesse processo e, assim, trabalhem com o máximo de empenho para alcançar os resultados.

Quando nos identificamos com os objetivos e missões de uma empresa, trabalhamos para que ela cresça, pois acreditamos que aquilo representa o nosso próprio crescimento profissional.

Assim, não restam dúvidas de que esse tipo de comportamento é muito positivo para qualquer empreendimento, especialmente para aqueles que estão em fase inicial e precisam de todo o empenho e produtividade de seus colaboradores para crescer.

4. Contribui para o crescimento profissional de seus funcionários

Um bom profissional é aquele que tem uma boa formação e qualificação, sabe lidar com os diversos perfis de clientes e tem proatividade frente aos inúmeros desafios de um cotidiano empresarial.

Para se conquistar esse tipo de talento para seu negócio, dois fatores são importantes: o primeiro diz respeito ao recrutamento e seleção de funcionários; o segundo tem forte ligação com o ambiente de trabalho na empresa.

Ora, uma empresa bem estruturada e com um clima agradável para se trabalhar, certamente, contribui para o crescimento profissional de seus colaboradores. As razões para isso são muitas:

  • estimula que os funcionários busquem cursos de aperfeiçoamento profissional;
  • as relações interpessoais são enriquecedoras;
  • o aprendizado dentro da empresa é constante;
  • a colaboração e o diálogo contribuem para adquirir novos conhecimentos;
  • os cursos de capacitação ofertados pela empresa são bem aproveitados.

Com todo esse ambiente favorável, sua equipe de trabalho se torna mais preparada e profissional para vencer os obstáculos e contribuir com o crescimento do negócio.

5. Estimula o diálogo e a participação nas decisões da empresa

Quando falamos em pequenos negócios em fase de expansão, a figura de um empreendedor centralizador é bem comum. Como ele iniciou esse sonho sozinho, tende a tomar para si todas as responsabilidades e decisões e, muitas vezes, pode deixar passar alguns detalhes importantes.

Por outro lado, quando o negócio se preocupa em proporcionar um bom ambiente de trabalho aos seus funcionários, observa-se que eles tendem a se sentir mais à vontade para conversar, expor suas opiniões, críticas e sugestões, o que pode ser muito importante para o desenvolvimento empresarial.

Afinal, aquele ditado de que “duas cabeças pensam melhor do que uma” é uma verdade que se aplica ao universo corporativo. Seja por ter uma visão diferente do problema ou mesmo por falta de experiência, pode acontecer de o empreendedor não conseguir vislumbrar todas as alternativas.

Nesse cenário, o ambiente acolhedor e respeitoso da empresa pode contribuir bastante para que a criatividade de seus funcionários seja trabalhada em prol da melhoria dos resultados de seu empreendimento.

6. Confere mais autonomia aos funcionários

Quando trabalhamos com algo de que gostamos, em um ambiente de trabalho seguro, saudável e estimulante, temos mais liberdade para desenvolver nossa criatividade e, consequentemente, desempenhamos um trabalho mais aperfeiçoado.

No entanto, quando o clima na empresa não é tão favorável assim, o trabalho não se desenvolve, principalmente devido ao fato de os funcionários sentirem a necessidade de recorrer a um superior para tomar todas as decisões.

Essa insegurança e falta de autonomia da equipe é consequência de um ambiente de trabalho desregulado e, certamente, prejudica bastante o desenvolvimento da empresa. Afinal, os gestores precisam sempre tomar decisões e orientar funcionários, mesmo em tarefas meramente burocráticas.

Dessa maneira, o que se conclui é que um bom recinto profissional estimula a autonomia da equipe, o que gera um trabalho mais rápido, produtivo e eficiente. Quando o trabalhador se sente seguro e preparado para tomar decisões, sabendo que a empresa confia em seu potencial, ele executa suas funções com mais perfeição.

7. Aproveita melhor as habilidades de cada colaborador

Ninguém é bom em tudo; cada um de nós tem habilidades diferentes. Dentro do contexto corporativo, é essencial que o empreendedor consiga observar sua equipe e identificar as melhores habilidades em cada um de seus funcionários.

Haverá aquele que se dá muito bem com o atendimento ao cliente — é educado, comunicativo, simpático e empático. Do mesmo modo, existem funcionários que são mais tímidos, mas com uma grande habilidade para lidar com as finanças, por exemplo — são organizados e responsáveis.

Dentro de uma empresa, cada tipo de colaborador é importante. Afinal, existe uma função que se adéqua a cada perfil.

Assim sendo, um ambiente de trabalho saudável contribui para que o potencial de cada membro da equipe seja devidamente explorado. Todos têm o seu valor reconhecido e, do seu modo, contribuem para o crescimento da empresa.

Qual a importância de criar um bom ambiente de trabalho?

Diante de tantos benefícios, fica inquestionável a importância de criar um ambiente de trabalho salutar para todos. Podemos demonstrar também, por meio de estatísticas, a importância de criar um bom ambiente de trabalho. Os dados que seguem foram coletados no site da GPTW (Great Place To Work).

Em um ambiente favorável, os funcionários sentem-se mais comprometidos com o trabalho e participam mais ativamente, dando sua parcela de contribuição com sugestões e maior produtividade.

As empresas que têm uma cultura de inovação representam 74% de todas as melhores organizações para se trabalhar no país. No ano de 2018, as 150 melhores empresas para se trabalhar foram beneficiadas por 2.550 ideias diferentes dos colaboradores, que proporcionaram ganhos de R$ 12 milhões.

Outro percentual que revela a importância de criar um ambiente de trabalho favorável refere-se à redução da taxa de rotatividade em até 3 vezes. Em 2016, houve um índice de 24% de rotatividade voluntária (os funcionários pediram demissão) nas empresas do Brasil. Entre as 150 melhores empresas para se trabalhar, conforme a GPTW, essa taxa é de apenas 7%.

Não importa se a organização é grande, média ou pequena, o ambiente de trabalho pode ajudar a aumentar os lucros em até 7%. Considerando os acionistas, eles podem ter um retorno financeiro 3 vezes mais atrativo. Quando os funcionários estão felizes com a empresa, eles podem se tornar até 12% mais produtivos.

Nas 150 melhores empresas brasileiras para se trabalhar, houve um rendimento sobre o patrimônio líquido de 16,7%.

No mercado de ações norte-americano, as empresas do GPTW apresentaram rentabilidade 60% superior.

Como criar um bom ambiente de trabalho?

Vale a pena dar algumas dicas para a criação de um bom ambiente de trabalho.

1. Fique atento à transparência e à comunicação

O controle do fluxo de informação é fundamental para evitar que a comunicação dentro da empresa se processe de forma precária, o que deixa os funcionários desgastados e mal informados, resultando em insatisfação generalizada.

O controle da informação deve se basear na transparência. A criação de comitês de trabalho, por exemplo, contribui para melhorar esse quesito.

Adotar a transparência significa aplicar estratégias que mostrem aos trabalhadores que a empresa não tem nada a esconder e está interessada em deixar suas ações bem claras para eles.

2. Estimule o respeito entre os funcionários

Colaboradores que trabalham motivados por inveja ou pela disseminação de intrigas geram um clima insuportável e pesado dentro da empresa. Para se libertar dessa pressão, aqueles que desaprovam essas ações acabam se desligando da companhia, cedo ou tarde.

É fundamental estimular a solidariedade e o relacionamento fraterno entre os funcionários. O sentimento de competitividade pode existir, mas que seja de forma saudável — por exemplo, no intuito de acompanhar o desempenho de um colega, outro funcionário passa a se dedicar com mais afinco às suas tarefas.

Além disso, é fundamental ficar claro que os colaboradores não são adversários uns dos outros. Eles devem trabalhar em parceria para que os resultados atingidos correspondam às metas da organização.

Cada um deve respeitar o trabalho do outro, independentemente do nível dentro da hierarquia da empresa. O fato de se ocupar um cargo ser mais elevado e mais bem remunerado não dá a ninguém o direito de desvalorizar o trabalho de outra pessoa. Um profissional que cuida da limpeza geral precisa do mesmo tratamento daquele que ocupa um cargo de liderança em algum setor.

Somente o respeito mútuo ajuda uma empresa a crescer, criando um ambiente de trabalho onde todos se sintam bem. Caso apareça uma “ovelha negra”, tentando disseminar discórdias ou romper a cadeia de trabalho harmoniosa e de mútuo respeito, talvez seja melhor separá-la do “rebanho”.

3. Aumente o engajamento por meio do sentimento de pertencimento

Os funcionários precisam ficar engajados com o que fazem diariamente. Imagine o quanto é desagradável assumir funções sem engajar-se emocionalmente com elas!

Uma das formas de estimular esse interesse profundo com o trabalho é despertar em cada funcionário o sentimento de pertencimento, ou seja, a certeza de que ele pertence ao grupo, de que faz parte da organização, de que é importante para ela e vice-versa.

A empresa pode ser comparada a um organismo vivo, em que cada funcionário é um órgão, e cada setor, um sistema. Os órgãos pertencem ao organismo e este, por sua vez, só sobrevive devido ao trabalho dos sistemas e dos órgãos.

Se o funcionário atua no sentido de ajudar a empresa a crescer, ele também crescerá.

4. Apoio à diversidade

Um bom ambiente de trabalho deve promover a diversidade, pois ela estimula a criatividade e facilita as tomadas de decisões, os processos de resolução dos problemas, a flexibilidade e a inovação.

A convivência e o compartilhamento de ideias e percepções no local de trabalho pode desenvolver algumas habilidades da inteligência emocional dos funcionários.

Esse apoio à diversidade permite que cada trabalhador seja ele mesmo, dispensando a necessidade de ele assumir características que não são suas para ser aceito dentro da empresa, o que gera um enorme desgaste psicológico. Dessa forma, eles se sentirão respeitados em suas ideias e nas sugestões e contribuições que puderem oferecer à organização.

Adotar essa estratégia confere um diferencial competitivo ao negócio, pois a variedade de talentos estimula a inovação, e a inovação pode oferecer muitos benefícios ao crescimento corporativo.

Não importa se o funcionário é homem ou mulher, nem sua cor, sua religião, a região do Brasil da qual é originário ou se é de outro país. O que importa é que ele possa trabalhar com liberdade e dar sua parcela de contribuição para o negócio.

5. Aplique a gamificação

A gamificação também ajuda a diminuir a rotatividade, na medida em que melhora o ambiente de trabalho. Os jogos estão muito associados à diversão, e isso estimula os funcionários ao engajamento e ao aumento na produtividade.

Podem ser usados games já existentes, adaptados às necessidades e ao perfil da empresa, mas pode ser criado também um game próprio. A Microcity, que também está elencada entre as melhores empresas do país conforme a GPTW, desenvolveu um game de gestão que envolve programas de capacitação, indicadores estratégicos, satisfação dos consumidores e políticas para o Departamento Pessoal.

Como você pôde perceber ao longo do texto, um bom ambiente de trabalho é capaz de melhorar consideravelmente os resultados de uma equipe. Portanto, não basta ter bons funcionários, é preciso se preocupar em dar a eles condições de desenvolverem todo o seu potencial.

O que achou deste post? Quer continuar aprendendo? Confira como é possível melhorar a produtividade dos funcionários e criar um ambiente de trabalho mais humanizado aplicando as 5 melhores práticas de meditação no trabalho!