Blog da Beecorp

GM: reabilitação corporativa
Saúde Ocupacional

Reabilitação corporativa: esclareça suas principais dúvidas

Quando uma empresa investe e cuida dos seus colaboradores, além de proporcionar mais saúde e qualidade de vida, ela também ganha em continuidade operacional, na retenção de talentos e, consequentemente, na produtividade. Nesse sentido, a reabilitação corporativa é uma excelente estratégia a ser adotada.

Já ouviu falar na reabilitação corporativa? Com a ajuda do Dr. Marcelo Soldaini Martins (Gerente Médico na General Motors Mercosul), elaboramos este artigo para explicar o que é, como ela pode ser implementada e quais são os benefícios para as organizações e colaboradores. Saiba mais!

Entenda o que é reabilitação corporativa

O princípio básico da reabilitação corporativa é cuidar das pessoas, zelando por sua integridade física e mental. Isso significa oferecer mais qualidade de vida por meio do tratamento das patologias osteomusculares e do alívio das dores oriundas dessas.

Em parceria com a BeeCorp, a General Motors (GM) — montadora de carros multinacional, com sede nos EUA — oferece atendimento dentro da própria empresa para acolher os colaboradores com essas patologias, acompanhando todo o seu processo de reabilitação.

De acordo com o Dr. Marcelo, “o objetivo, dentro de um quadro como esse, é trazer as pessoas para o mais próximo da normalidade, em termos de função do segmento corporal que foi afetado. Isso ajuda a promover um ganho de produtividade para a companhia e uma qualidade de vida melhor para o colaborador“.

Como funciona na prática

O Dr. Marcelo explica como funciona na prática: “quando os colaboradores têm alguma queixa médica, eles passam em consulta no ambulatório, recebem o diagnóstico do médico e já são encaminhados o mais rápido possível para o centro de reabilitação”.

No centro de reabilitação, o funcionário é avaliado por um especialista — ortopedista, fisiatra ou fisioterapeuta — que instituirá a medida terapêutica mais adequada para a sua reabilitação completa.

O colaborador participa desse programa, em média, por dois meses. Em alguns casos é possível que precise de mais tempo. Durante todo esse período, ele é acompanhado pela equipe multidisciplinar do centro, em conjunto com o médico de trabalho, até a recolocação ao posto profissional.

Veja os benefícios dessa prática para os colaboradores e para a empresa

Como já é de se esperar, a reabilitação corporativa é vantajosa tanto para a empresa quanto para seus colaboradores. Saiba mais sobre esses benefícios nos próximos tópicos.

Otimização do tempo

De acordo com o Dr. Marcelo, o projeto na GM foi iniciado há 3 anos com uma desconfiança inicial de quais seriam os ganhos. Entretanto, a unidade da empresa fica em São Caetano do Sul (SP) e o tempo despendido pelo empregado do local de trabalho para a consultório externo é desvantajoso para o empregador.

Por isso, ele destaca os ganhos imediatos: “quando trouxemos a reabilitação para dentro da empresa, essas barreiras foram superadas. Muitos empregados estão na linha de trabalho e, quando saem do posto, em apenas 10 minutos já estão no centro de reabilitação. Após o tratamento, retornam com a mesma rapidez para suas atividades. Um ganho significativo tanto para a empresa quanto para o colaborador“.

Maior produtividade

Ao melhorar as condições funcionais e de capacidade dos membros afetados, o ganho em relação ao bem-estar e à saúde é incalculável. Além disso, a performance é potencializada e o aumento da produtividade uma consequência direta.

Continuidade operacional

A reabilitação corporativa impacta diretamente na redução dos índices de absenteísmo. O Dr. Marcelo reforça essa questão: ”um empregado que tem meio período do dia, o perderia para deslocar-se até uma clínica externa.” Com o tratamento ofertado dentro da empresa, o período afastado da sua atividade laboral é reduzido drasticamente. Além disso, um colaborador mais satisfeito também falta menos.

Impactos financeiros

Com a melhora da saúde e da qualidade de vida, as queixas dolorosas também reduzem. A partir daí, os custos da empresa com o plano de saúde também diminuirá de modo geral, gerando um impacto financeiro positivo. O Dr. Marcelo destaca: “o atendimento ofertado na reabilitação corporativa é completo, sem a necessidade de encaminhar os colaboradores para uma consulta médica com outros especialistas, por exemplo”.

Como implementar de forma eficaz em sua empresa

É preciso ter uma demanda para instituir um centro de reabilitação corporativa dentro da sua empresa. O Dr. Marcelo pondera: “o investimento em uma área de reabilitação e a contratação de especialistas, por exemplo, são questões que precisam ser conhecidas e consideradas pela gestão”.

Na GM, uma indústria automobilística, existe um grande risco relacionado às doenças osteomusculares. Para comprovar essa demanda, “temos um estudo epidemiológico para saber qual é a queixa mais frequente em nossa população, qual é o segmento corporal que é mais atingido, qual o número e os motivos para os casos de absenteísmo”, destaca o Dr. Marcelo. O levantamento de informações como essas é fundamental para justificar o investimento.

A contratação de uma equipe multidisciplinar também é essencial, no qual os profissionais se envolvam na assistência, de acordo com seu nível de competência específico, e possam ajudar a solucionar dos casos mais simples aos mais complexos. “Não dá para pensar em uma indústria desse porte sem pensarmos em dar esse tipo de suporte e atendimento”, finaliza o Dr. Marcelo.

Invista em seus colaboradores através da reabilitação corporativa

Podemos afirmar que por meio da reabilitação corporativa é possível tornar os colaboradores mais saudáveis, satisfeitos e efetivos. O atendimento ágil evita os afastamentos e o acompanhamento contínuo e de perto possibilita que os funcionários ocupem funções que sejam compatíveis ao momento que eles estão vivendo.

Além disso, analisando toda a questão de custo e benefício, o impacto em relação ao custo da mão de obra também é destacável. Com a reabilitação corporativa, por exemplo, é possível evitar que as pessoas fiquem muito tempo afastadas, o que implica em custos para uma reposição dessa mão de obra.

Apostar em um programa de reabilitação corporativa na empresa é uma estratégia que contribui para melhorar a saúde, o bem-estar e a qualidade de vida dos colaboradores, tornando-os mais ativos, produtivos e engajados em entregar resultados cada vez melhores para a organização. Trata-se de uma via de mão dupla, visto que as duas partes saem ganhando nessa relação.

Gostou de saber sobre a reabilitação corporativa? Converse com um de nossos especialistas e descubra se essa é uma estratégia adequada ao seu negócio!