Blog da Beecorp

Saúde do funcionário: por que investir?
Saúde Ocupacional

Entenda a importância de se preocupar com a saúde do funcionário

Como fazer sua empresa decolar no mercado? Comece a investir na saúde do funcionário. Isso mesmo! Nem todos os gestores se atentam a essa questão, mas o bem-estar dos colaboradores deve ser levado em conta e, muitas vezes, vir em primeiro lugar.

Com profissionais saudáveis, dispostos e bem-humorados, as atividades realizadas no âmbito profissional serão muito mais produtivas. Caso contrário, toda e qualquer corporação estará sujeita a ter prejuízos na sua lucratividade ou, até mesmo, oferecer um serviço ou produto de qualidade duvidosa aos clientes. Chato, né?

Portanto, a melhor maneira de evitar doenças de trabalho, perdas de funcionários, multas e afastamentos trabalhistas, é entender a importância de se preocupar com essas questões e começar, desde já, a implantar práticas capazes de satisfazer a equipe. Para ajudar você nessa tarefa, desenvolvemos esse conteúdo exclusivo sobre o assunto.

Acompanhe a leitura e saiba mais!

Quais os principais benefícios para quem cuida da saúde do funcionário?

Pare e reflita por alguns minutos: a sua empresa tem se preocupado com a saúde dos seus funcionários? Se a resposta foi “não”, está mais que na hora de rever seus conceitos.

Engana-se quem encara esse tipo de preocupação como um gasto desnecessário no orçamento de uma corporação. Muito além disso, ao se preocupar com a saúde dos trabalhadores, uma empresa poderá se beneficiar de uma série de vantagens. Abaixo, listamos as principais. Confira!

1. Diminuição do absenteísmo

Quando um funcionário está doente, é comum que ele se ausente do trabalho. Inclusive, esse é um direito, previsto na Consolidação das Leis de Trabalho (CLT), que permite que o funcionário falte até 14 dias sem desconto no salário — desde que a sua ausência seja justificada com atestado médico.

Dentre os motivos de saúde que mais colaboram para as faltas está a gripe, enjoos e fortes dores nas costas. No entanto, ao cuidar da saúde do funcionário, é possível reduzir significativamente o número de absenteísmo, uma vez que sua equipe se sentirá melhor para realizar as atividades diárias.

Nesse caso, a sugestão é investir no acompanhamento mensal dos colaboradores, além de oferecer ambientes seguros e confortáveis para todos.

2. Retenção de talentos

Uma empresa só alcança sucesso com a colaboração de bons profissionais. Atualmente, e por conta da saturação do mercado, é difícil encontrar funcionários competentes e que, de fato, alcancem excelentes resultados. E quando um talento é encontrado, a empresa não quer perdê-lo tão facilmente.

Por isso, muitas corporações estão investindo na retenção de talentos. Basicamente, esse mecanismo é composto por uma série de práticas capazes de encantar o profissional ao longo do tempo e mostrar a ele, diariamente, as vantagens de trabalhar em um determinado lugar.

Entre todas as atitudes que podem ser adotadas para essa finalidade está o cuidado com a saúde do funcionário. Ao se sentir bem e receber suporte adequado, o colaborador terá mais motivação para trabalhar e dificilmente vai procurar outro emprego.

Dica: vale a pena oferecer plano de saúde nos benefícios da empresa, além de investir em outras estratégias, como realizar atividades físicas em grupo ou criar áreas de convívio.

3. Diminuição dos riscos de acidentes

É uma obrigação da empresa oferecer segurança aos seus funcionários. Esse cuidado mostra não apenas a preocupação dos gestores com a saúde dos profissionais, como também ajuda a evitar uma série de acidentes de trabalho.

Aqui, a recomendação é utilizar equipamentos e ferramentas adequadas, manter a equipe bem informada sobre possíveis perigos e não realizar atividades de alto risco com pressa.

Outra questão que merece destaque é a ergonomia, que consiste em um conjunto de métodos para evitar acidentes e doenças nas corporações. Exemplos? A iluminação, a temperatura, as cadeiras e a altura dos móveis em um escritório.

4. Aumento da produtividade

Verdade seja dita: um funcionário satisfeito consegue produzir muito mais e em melhor qualidade — diferentemente de um insatisfeito e decepcionado com a empresa.

Quando um colaborador está feliz com o seu trabalho, ele realmente se dispõe a vestir a camisa da corporação, sugerindo ideias para aprimorar os projetos, melhorando o seu desempenho e alcançando resultados incríveis. Como consequência, a lucratividade do negócio será cada vez maior.

5. Redução de custos

Adotando algumas práticas no ambiente corporativo, é possível se prevenir contra alguns gastos na empresa. Isso porque quando há faltas ou licença médica, os gestores precisam contratar funcionários temporários, enquanto os fixos permanecem afastados e recebendo os seus salários normalmente.

Nessas condições os gastos são muito altos, afetando o orçamento de toda a corporação. Para não passar por essa situação, a maneira mais eficaz é combater a origem do problema e criar um ambiente de trabalho saudável e seguro. Seguindo esse caminho, você diminui as chances dos seus funcionários se ausentarem, mantendo, assim, o seu financeiro em dia no fim do mês.

6. Prevenção contra processos trabalhistas

Sofrer processos trabalhistas é um dos grandes pesadelos dos empresários. Além dos danos financeiros, esse tipo de problema pode afastar os clientes e profissionais talentosos, bem como prejudicar a imagem da corporação no mercado.

Um dos motivos que mais levam às ações judiciais são as doenças causadas no ambiente de trabalho, como as complicações de postura ou de esforço repetitivo. Tudo isso, é claro, sem contar com os acidentes que acontecem em espaços insalubres.

E como popularmente escutamos: “prevenir é o melhor remédio”, certo? Não espere que uma ação trabalhista chegue até você. Antes disso acontecer, faça as adequações necessárias nos ambientes laborais, informe e treine seus funcionários e sempre escute-os para saber o que pode ser melhorado e quais práticas eles consideram perigosas.

Se estiver com dificuldade para encontrar boas soluções, vale a pena contratar os serviços de profissionais especializados em analisar cada espaço da sua empresa e indicar os detalhes que necessitam de atenção. Atitudes assim evitam uma série de problemas futuros!

Como melhorar a saúde e o bem-estar do colaborador?

Fora as sugestões citadas acima, existem algumas estratégias que podem ser adotadas pela empresa para evitar problemas de saúde do trabalhador. Veja algumas delas:

  • promova palestras sobre a importância de cuidar da saúde;
  • organize aulas semanais de ginástica laboral — essa atividade é excelente para prevenir o desenvolvimento de complicações ocupacionais, como a Lesão por Esforço Repetitivo (LER);
  • crie campanhas antitabagismo e de cuidado com a hipertensão;
  • incentive a alimentação saudável e a prática de atividade física entre os funcionários.

Como foi possível notar até aqui, se preocupar com a saúde do funcionário é uma atitude simples e que pode proporcionar excelentes frutos para uma corporação. Invista nessa ideia!

Gostou do conteúdo e quer continuar por dentro do assunto? Assine a nossa newsletter e receba materiais informativos em primeira mão!