Blog da Beecorp

Saúde ocupacional

Quais as melhores soluções para SIPAT da sua empresa?

Todos os anos, as empresas, organizações e instituições que contam com empregados sob o regime da CLT precisam realizar a SIPAT, a fim de promover a segurança, a saúde e a integridade física dos trabalhadores no ambiente laboral. Mas como definir as melhores soluções para SIPAT da minha empresa?

Saiba mais sobre o que é, como organizar e quais são as melhores alternativas para que esse evento seja realmente efetivo. É sobre isso que falaremos neste artigo, com a ajuda do Dr. Eduardo Arantes (médico do trabalho e diretor técnico da BeeCorp) e do Demetrius Lima (CEO da Sábia — parceira da BeeCorp). Continue com a leitura para entender mais!

O que é a SIPAT?

A Semana Interna de Prevenção de Acidentes no Trabalho (SIPAT) é um período no qual se realiza diversas ações voltadas para estimular a prevenção de doenças ocupacionais e acidentes de trabalho. Ela é uma das atividades obrigatórias e sob a responsabilidade da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA) — de acordo com a Norma Regulamentadora nº 5, no item 5.16.

Um dos objetivos principais é conscientizar e estimular o conhecimento dos profissionais a respeito de medidas para evitar acidentes e promover segurança e saúde no local de trabalho. Para tanto, é possível reforçar treinamentos e realizar gincanas, palestras e outras ações de conscientização que ajudem a abordar os assuntos-chave do evento.

Como organizar uma SIPAT?

A SIPAT é uma principais ferramentas de promoção de segurança, saúde e bem-estar nas empresas. E em boa parte delas, já se tornou um momento especial do calendário anual.

Dessa forma, podemos dizer que a organização da SIPAT não é algo simples. Por se tratar de um evento, deve ser planejada, levando em consideração as metas e os recursos disponíveis. Entre os pontos que precisam ser organizados e executados na implementação da SIPAT, estão:

  • a previsão da verba necessária;
  • o empenho da CIPA;
  • a escolha dos temas que serão abordados;
  • a programação das datas das reuniões;
  • o registro de todas as decisões em ATA;
  • a instituição da equipe responsável pelo evento;
  • a indicação de um coordenador responsável;
  • a determinação do local onde a Semana será realizada;
  • a divisão de tarefas;
  • a definição de quais parceiros irão realizar as atividades.

Quais são as melhores soluções para SIPAT?

Segundo o Dr. Eduardo Arantes, as melhores soluções para a SIPAT são aquelas que se adequam ao perfil e à mensagem que a empresa quer transmitir para os colaboradores. A SIPAT é uma solução para empresas de qualquer tamanho, perfil e segmento. “A BeeCorp ouve muito das empresas que as palestras não funcionam. Mas isso acontece quando as questões de saúde não são priorizadas, não ocorre envolvimento da liderança ou os temas não são estimulantes”. Ficamos tristes quando a empresa não disponibiliza 30 minutos do tempo dos funcionários para uma palestra – comenta o Dr. Eduardo Arantes.

A chave do sucesso é analisar bem as opções e optar pela solução mais adequada ao seu negócio. O Dr. Eduardo destaca: “Nós partimos das questões consideradas básicas e mais comuns, como levar cadeiras de massoterapia para a SIPAT. Algo simples, mas que gera bons resultados”.

“É possível também sair do simples e investir em ações mais estruturadas, como fazer um grande circuito de saúde, usando indicadores como pressão arterial, glicemia,circunferência abdominal e realização de questionário de saúde e hábitos de vida, com até 80 perguntas. Esta permite gerar um grande diagnóstico do perfil de saúde dos colaboradores“, completa.

Como a Beecorp ajudará no sucesso da SIPAT da sua empresa?

Reforçando, a BeeCorp oferece desde as soluções mais simples e que geram bons resultados, a exemplo das cadeiras de massoterapia, até o investimento em soluções mais complexas.

O Dr. Eduardo complementa que “Ações como teatro empresarial também têm um impacto bom, pois a equipe teatral da BeeCorp desenvolve uma atividade que tem a ver com a realidade dos colaboradores e fala a linguagem utilizada pela empresa”.

“Levar palestras bem estruturadas, dinâmicas e participativas também traz bons resultados. A empresa ainda pode fazer blitz sobre diversos assuntos. A BeeCorp recomenda muito essa ação para instituições que não podem tirar o colaborador da linha de produção ou do escritório. Quando se faz uma blitz nutricional, por exemplo, em um posto de trabalho com 10 a 15 pessoas, é possível levar uma nutricionista para falar de alimentação saudável e compartilhar um material com informações básicas sobre o tema.

A empresa também pode promover uma blitz postural, levando um ergonomista que vai a cada posto de trabalho e orienta os colaboradores sobre postura, alongamento e até altura da cadeira e da mesa”, explica.

Uma novidade da BeeCorp é a blitz de saúde mental, voltada para a conscientização e o combate ao estresse, que está cada vez mais presente no dia a dia empresarial. Com uma equipe multidisciplinar de psicólogos, médicos e enfermeiros é possível fazer um diagnóstico rápido e propor medidas para minimizá-lo.

O Dr. Eduardo afirma que existem empresas que já planejam a sua SIPAT e acionam a BeeCorp apenas para a execução. “A BeeCorp não tem nenhum problema em apenas fazer a operação; por exemplo, a empresa precisa de 10 cadeiras de massoterapia para daqui a 10 dias, a BeeCorp vai encontrá-las e entregar. Já algumas empresas desejam que a estratégia da SIPAT seja realizada pela BeeCorp. Nesse caso, elas informam o período do evento e somos desafiados a levar novas soluções”.

Como a parceria entre a BeeCorp e a Sábia pode ajudar?

A parceria entre a Sábia e a BeeCorp tem como objetivo desenvolver soluções mais eficientes, engajadoras e que gerem um significado mais relevante a respeito da prevenção ao risco e acidentes. Para que isso se torne possível na prática, a Sábia utiliza soluções tecnológicas e metodológicas que são chamadas de immersive learning (educação imersiva).

Por meio dela, o conteúdo é transformado em uma história (storytelling) integrada com jogos (gamificação) que leva os colaboradores a uma situação do seu dia a dia. Assim, é possível promover temáticas ligadas ao tema de saúde e segurança do trabalho e facilitar o entendimento de como essa cultura é importante para a empresa e os que trabalham nela.

Demetrius Lima (CEO da Sábia) explica como funciona essa experiência na prática: “Posso citar, como exemplo dessa ação imersiva, o seguinte caso: mostramos uma situação na qual o colaborador tem que identificar o que é perigo e o que é risco. Uma das experiências tinha um storytelling que apresentava uma personagem chamada Andrea, que estava sendo treinada para entender a diferença entre os dois conceitos.

O console colocava as pessoas em diversas situações para fazer essa classificação. Por exemplo, uma lâmpada bamba em cima de uma mesa de trabalho. Quando há uma pessoa trabalhando nessa mesa, isso representa um risco. Agora, se a lâmpada estiver bamba em um corredor no qual não há ninguém trabalhando, mas pelo qual os funcionários passam aleatoriamente, é um perigo.”

A realização da SIPAT deve ser feita com bastante planejamento e cuidado. Assim, os objetivos são alcançados e todo o investimento realizado tem o retorno esperado. Demetrius ressalta: “A SIPAT é uma ação cuja intenção é promover a cultura da segurança. Então, o mais importante é a organização entender que a SIPAT não pode ser algo feito de qualquer maneira porque é uma ação obrigatória. É preciso que as organizações se atentem que sendo bem feita, a SIPAT pode ser uma grande ferramenta para a empresa”.

Contar com empresas especializadas no assunto é algo que facilita a execução das atividades e aumenta as chances de sucesso.

Gostou do artigo e quer saber mais sobre como a BeeCorp pode tornar o seu evento mais eficaz? Então, entre em contato conosco, converse com um especialista e tire todas as suas dúvidas agora mesmo!