Médico da família: porque ter esse profissional no ambulatório da empresa?

Médico da família
Por: Anderson Rodrigues

Você já ouviu falar no médico da família e de como esse profissional é importante para a redução dos encaminhamentos de pacientes para hospitais? Essa especialidade é bastante conhecida fora do Brasil, mas tem sido cada vez mais adotada pelas empresas com o objetivo de garantir mais bem-estar aos colaboradores, oferecendo a eles a chamada Atenção Primária à Saúde (APS).

Quer entender a relação de investir nessa especialidade e como o médico da família traz melhores resultados para a gestão da saúde e segurança do trabalho? Continue a leitura desse artigo e conheça as vantagens de contar com o Médico da Família na sua empresa.

O que faz o médico da família e quais são os seus diferenciais?

A Medicina de Família e Comunidade é uma especialidade que tem foco na promoção da saúde e na prevenção de doenças. Quanto ao Médico da Família, costuma-se dizer que seu olhar é voltado para o paciente e não para o seu agravo. É um retorno às práticas mais antigas, que levavam as famílias a serem atendidas por seu médico de confiança.

Uma das grandes vantagens disso é que o profissional tem um conhecimento mais holístico sobre o paciente, passando pelo diagnóstico e chegando a formas de tratamento mais humanizadas e eficientes. Quando o sistema de atenção é estruturado com profissionais especializados em Saúde da Família, 80% a 90% dos casos podem ser atendidos por eles, reduzindo as internações e encaminhamentos a especialistas.

Sistema avançado de cuidado

Na Europa e no Canadá, por exemplo, o Médico da Família é tão valorizado que, em média, 95% da população é atendida por um profissional dessa especialidade. No Brasil, a Estratégia de Saúde da Família é a base do Sistema Único de Saúde (SUS). Assim, quando adotada pelos municípios, ela é considerada a porta de entrada do paciente, que é atendido e acompanhado em suas necessidades.

De olho nessa grande capacidade de atendimento e na eficiência dos cuidados aplicados pela Medicina de Família e Comunidade, tanto as empresas quanto os planos de saúde vêm adotando programas de atenção primária à saúde.

Formação acadêmica do Médico da Família

A conclusão do curso de graduação em medicina oferece ao médico formado os caminhos do generalista e do especialista. O profissional com perfil generalista pode se especializar em Clínica Geral ou em Medicina de Família e Comunidade.

O Médico da Família é um profissional com formação acadêmica em nível de pós-graduação. Esse profissional é capacitado por meio de duas vertentes: na primeira, a instituição de ensino traz, para dentro da sala de aula, a temática da saúde da família ao longo dos semestres.

Na segunda, a construção do profissional de Saúde da Família se consolida no internato médico — o trabalho prático que o faz conhecer a realidade operacional desse ramo da medicina. Protocolos médicos de saúde, as diferentes demandas que surgem e o atendimento aos pacientes e seus familiares constituem, entre outros, o coroamento da capacitação.

Quais as vantagens de ter um médico da família no ambulatório da sua empresa?

Esse modelo de medicina da família vem sendo adotado pelas empresas para ajudar, principalmente, na redução do absenteísmo e da sinistralidade dos planos de saúde. No entanto, sua eficiência tem efeitos ainda mais importantes.

Como o médico da família tem foco na promoção da saúde e na prevenção, isso acaba por interferir, até mesmo, na produtividade e na melhora do clima organizacional. Veja as vantagens de adotar esse modelo e ofereça aos seus colaboradores mais bem-estar.

Capacidade para lidar com as mais variadas queixas dos pacientes

A informação é da Agência Nacional de Saúde Suplementar e vem chamando a atenção de empresas e planos de saúde: 85% dos problemas que podem acometer os profissionais de uma empresa podem ser resolvidos pelo médico da família.

Por isso, é tão importante pensar em um programa de atenção primária à saúde na organização.

Esse índice de resolução se deve ao formato de atendimento, que visa a uma atenção integral do paciente para a promoção da sua saúde. O médico da família reduz o encaminhamento para especialistas e usa, de forma mais racional, os pedidos para procedimentos, como exames, que podem custar caro e em muitos casos serem desnecessários.

Orientação em saúde com foco na prevenção

O acompanhamento ao paciente feito pelo médico da família atua de forma preventiva, com foco na promoção da saúde e não na doença. Essa é uma das grandes diferenças em relação a outros especialistas. Isso porque eles, normalmente, resolvem problemas pontuais, sem uma avaliação integral do paciente.

A Saúde da Família, por outro lado, incentiva que o profissional conheça o paciente de forma holística, entendendo seu estilo de vida, seus hábitos e seu histórico de saúde e familiar.

Assim, estrutura as melhores estratégias, junto ao paciente, de forma que ele consiga manter hábitos mais saudáveis e controlar doenças crônicas. Trata-se, portanto, de um acompanhamento contínuo da linha de cuidado de forma preventiva.

Melhor aproveitamento de tempo e dinheiro

Ao investir em um programa de atenção primária à saúde, as empresas garantem o aumento da qualidade de vida dos seus colaboradores. O impacto se reflete em sua produtividade, o que, por si só, é uma grande vantagem econômica para o negócio.

Além disso, os custos com exames e procedimentos de alta complexidade acabam interferindo nos preços dos planos de saúde, devido à sinistralidade médica. Por fim, com a promoção da saúde, os colaboradores faltam menos e têm menores gastos com tratamentos médicos.

Podemos resumir assim os benefícios de ter um médico da família no ambulatório da sua empresa:

  • foco na promoção da saúde e na prevenção;
  • capacidade de atender a, pelo menos, 80% dos problemas dos pacientes;
  • redução dos riscos de automedicação e autodiagnóstico;
  • olhar holístico e integral sobre o paciente, avaliando o contexto social e familiar;
  • redução da necessidade de encaminhamentos para exames de alta complexidade, especialistas e internação hospitalar;
  • maior confiabilidade no histórico médico do paciente.
  • diminuição do absenteísmo médico da empresa.
  • assistência de uma referência médica para atender as dúvidas e necessidades de saúde dos colaboradores.

Como é o atendimento de um Médico da Família?

O primeiro cuidado do Médico da Família no atendimento é dar início à construção e ao estreitamento da relação com o paciente e seus familiares. Na verdade, essa iniciativa vai construir a base do exercício da medicina de família e comunidade.

Esse relacionamento se repete e se torna cada vez mais estável, de modo que a própria família passa a considerar aquele profissional para a solução de suas questões de saúde. É exatamente esse tipo de relação que se procura construir nos ambulatórios das empresas na relação do médico local e os colaboradores.

Para esse fim, o Médico da Família deve conhecer o histórico de saúde do paciente e o histórico familiar, de modo a avaliar ações preventivas pertinentes. Ao mesmo tempo, o profissional procura se inteirar dos desejos, sonhos e medos de cada colaborador da empresa, com vistas à construção de qualidade de vida para o indivíduo em sua relação com o trabalho e a família.

Como você pôde ver, a Saúde da Família é uma especialidade essencial, que tem servido de modelo nos países mais desenvolvidos da Europa e no Canadá. Com o olhar mais holístico, o Médico da Família atua no conceito amplo de saúde e ajuda a envolver o paciente em ações preventivas.

Desse modo, consegue reduzir a necessidade de visitas a outros especialistas e a realização de exames mais complexos, que nem sempre são necessários. Havendo necessidade, ele mesmo encaminha para tais profissionais e acompanha os resultados.

Ter um Médico da Família no ambulatório da empresa ajuda a diminuir o absenteísmo médico e fortalece as relações do negócio com o colaborador em uma das maiores fragilidades: sua própria saúde. Como consequência, há melhoria da produtividade e promoção de qualidade de vida e bem-estar no trabalho.

Continue conosco em nossas redes sociais (FacebookLinkedInYouTube e Twitter) e descubra que você pode personalizar o atendimento médico em atenção primária para a sua empresa!

Author
Anderson Rodrigues
Com mais de 20 anos de carreira, ele é referência no Brasil em gestão de saúde corporativa e já ajudou os principais grupos empresariais do país a transformar pessoas e negócios através do bem-estar, como: Grupo Fiat, Localiza, Unimed, Vale, Anglo American, AngloGold, entre outros. Médico de formação (UFMG) com especializações em medicina do trabalho, ergonomia, perícia e gestão de serviços de saúde, se destaca no mercado pelo seu diferencial de gestão em grandes empresas nacionais e multinacionais dos ramos de: alimentos e bebidas, siderurgia, finanças/bancário, telefonia, metalurgia, mineração, automobilístico, autopeças, máquinas pesadas, construção civil pesada, varejo, terceirização e serviços.
x

Solicite uma proposta






    Fale com consultor!

    Fale com um consultor