Quiropraxia: conheça os benefícios dessa técnica para o ambiente organizacional

Quiropraxia
Por: admin

Quiropraxia é uma técnica da medicina alternativa que utiliza as mãos para prevenir e aliviar dores e desconfortos. Ela corrige incômodos do sistema muscular e esquelético com sessões de média duração (entre 15 e 30 minutos), combatendo o estresse, cansaço e fadiga.

A quiropraxia tem ganhado espaço por se tratar de um método de terapia com o uso das mãos capaz de diagnosticar, prevenir e tratar problemas ligados ao sistema musculoesquelético, principalmente da coluna vertebral. Ao mesmo tempo, é uma ótima maneira de aumentar a produtividade da equipe.

Quem passa muito tempo sentado costuma conviver com desconfortos, dores nas costas e na coluna. Essas dores são resultado de diversos fatores usualmente relacionados com má postura, movimentos repetitivos, falta de alongamento e até mesmo eventual tensão, esta última muito sentida na área do pescoço.

Buscando melhorar a qualidade de vida no ambiente organizacional, diversas empresas vêm inovando nessa direção. Assim, ao procurar serviços capazes de reduzir estresse no trabalho e o cansaço, encontram ainda na quiropraxia a prevenção contra as doenças laborais.

Entretanto, muitas pessoas não sabem exatamente o que é quiropraxia, pois ela não é uma técnica largamente divulgada. Quer entender mais sobre o assunto? Continue a leitura e veja como essa forma de medicina alternativa apresenta inúmeros benefícios ao ambiente organizacional!

Como a quiropraxia surgiu?

A quiropraxia surgiu nos Estados Unidos, quando David Daniel Palmer, em 1895, alinhou a coluna de um zelador que sofria de forte incômodo, ao perceber que as dores eram provenientes de uma vértebra deslocada. Então, em 1897, foi criado o Palmer College of Chiropractic, primeira escola especializada nessa técnica em todo o mundo.

No ano de 2005, a quiropraxia foi definida pela Organização Mundial de Saúde (OMS) como uma profissão da área de saúde adequada para tratar e prevenir doenças no sistema musculoesquelético, assim como seus efeitos na saúde como um todo.

Já no Brasil, a quiropraxia começou a ser divulgada apenas a partir de 1992, quando foi criada a Associação Brasileira de Quiropraxia. Ainda assim, a técnica não está muito difundida. Calcula-se que, atualmente, existam por volta de 90 mil profissionais quiropraxistas em todo o mundo.

E o que exatamente é a quiropraxia?

Essa prática consiste na utilização de técnicas manuais capazes de prevenir e melhorar subluxações vertebrais que causam dor e desconforto. Ao mesmo tempo, o foco do tratamento é a restauração e preservação das condições de saúde do trabalhador.

Trata-se de um método geralmente indolor, que investe em ajustes da coluna vertebral de forma a restaurar as funções corretas do sistema nervoso. Ao mesmo tempo em que corrige disfunções e possibilita ao corpo uma cura natural, também promove a saúde mental no trabalho.

Para tanto, é aplicada uma força precisa na região específica que se quer tratar, capaz de realinhar as regiões prejudicadas, o que permite que o fluxo neural seja normalizado e os desconfortos venham a desaparecer.

Quais são os benefícios que a quiropraxia pode trazer?

É fundamental lembrar que o corpo necessita de atenção e cuidados para que continue funcionando adequadamente. Nesse sentido, são inúmeros os ganhos gerados pela aplicação competente de manobras quiropráticas, já que elas são capazes de corrigir rapidamente as disfunções do corpo e aliviar dores.

A diminuição da dor e a melhora na mobilidade podem ser destacados entre os principais benefícios resultantes da quiropraxia. Veja, a seguir, o que a quiropraxia pode fazer pelos colaboradores de sua empresa.

Aliviar dores

A principal motivação para a procura pelo tratamento quiroprático é o alívio das dores. Essa busca deve ser feita logo no surgimento dos primeiros sinais de que algo não anda bem. Para esse fim, a quiropraxia é particularmente eficiente, sobretudo, quando os incômodos são manifestações relacionadas à coluna vertebral.

É importante considerar que, além do alívio, a consciência corporal oferecida pela abordagem quiroprática torna o indivíduo mais atento às suas próprias condições. Com isso, observa-se mais cuidado na condução das atividades ocupacionais, obtendo-se redução no número de ocorrências.

Corrigir disfunções

O mau funcionamento das estruturas esqueléticas e musculares pode ser resultante de estresse, movimentos repetitivos, falta de postura correta no trabalho, entre outras. E isso deve ser um ponto de atenção, pois a dor inicial e incômoda pode evoluir para situações muito limitantes e até incapacitantes.

O trabalho quiroprático corrige essas disfunções e promove o aumento da mobilidade corporal. Com isso, consegue-se, em pouco tempo, obter o alívio necessário para um desempenho normal das atividades do funcionário.

Prevenir lesões na coluna

Possíveis lesões da coluna podem resultar da evolução de determinadas condições de desalinhamento provocado por esforços e posturas inadequadas, seja na forma como são realizadas, seja na sua intensidade. O tratamento quiroprático interrompe essa progressão e reinstaura as funções naturais da coluna antes distorcida.

As lesões capazes de surgir pelo efeito de continuidade da utilização incorreta do corpo podem ser graves e totalmente limitantes. Nesse sentido, as aplicações quiropráticas tornam-se estratégicas para a saúde do trabalhador, evitando que se consolidem.

Melhorar a qualidade de vida

O incômodo físico e a dor estão entre os principais responsáveis pela perda na qualidade de vida dos funcionários. A situação é ainda mais difícil quando os sintomas são resultantes da própria atividade laboral realizada de maneira inadequada.

Nesses casos, o mau rendimento e as necessidades de afastamentos constantes afetam a autoestima dos colaboradores, o que piora a situação. Desse modo, a quiropraxia encerra esse ciclo desgastante e traz ganhos à qualidade de vida dos trabalhadores da empresa.

Além da qualidade de vida, a técnica também é uma excelente aliada para a promoção do bem-estar no ambiente de trabalho. Além dos benefícios já citados, podemos destacar ainda:

  • estimula o sistema imunológico, tornando o paciente menos propenso a adoecimentos;
  • trata hérnia de disco, dor no nervo ciático, dor de cabeça e dores crônicas;
  • auxilia o tratamento de problemas de mobilidade ou comportamentais;
  • aumenta a produtividade e o desempenho no dia a dia de trabalho;
  • reduz o uso de medicamentos e efeitos colaterais;
  • trata alergias e asma;
  • ajuda a equilibrar a pressão arterial.

Preparamos um vídeo com os 10 benefícios mais conhecidos da técnica. Confira!

Quais desordens podem ser tratadas com a quiropraxia?

Além de problemas relacionados ao estresse e tensão emocional, a quiropraxia é bastante eficiente no tratamento de cervicalgias, hérnias de disco, desequilíbrios físicos provenientes de fatores externos, desvios posturais e compressão de nervos espinhais — sem falar que é bastante relaxante.

Entretanto, como qualquer tratamento, a quiropraxia apresenta algumas contraindicações. É fundamental encontrar um profissional qualificado, que faça uma avaliação do quadro geral de cada paciente, com a finalidade de evitar lesões ou complicações futuras.

Não é necessário que o quiropraxista tenha prévia formação em Fisioterapia, mas observe se o curso que ele realizou traz a certificação do Ministério da Educação (MEC) e segue as diretrizes da Organização Mundial de Saúde.

Destacamos abaixo alguns dos principais problemas que a quiropraxia é uma excelente alida. Acompanhe!

Dores (de cabeça, no pescoço e na lombar)

A quiropraxia é uma boa aliada no combate destes desconfortos, uma vez que reduz de forma significativa as dores ou mesmo elimina-as por completo.

A dor na lombar (região próxima ao quadril), conhecida também como lombalgia, é uma das dores mais comuns devido problemas de saúde e postura inadequada.

A quiropraxia, no entanto, é uma excelente alternativa, pois não trata apenas os sintomas e sim a causa do problema.

Hérnia de disco

A hérnia de disco é causada pelo desgaste de estruturas da coluna, o que faz com que os discos vertebrais se choquem uns com os outros. A quiropraxia não cura o problema — que costuma ser resolvido com cirurgia —, mas  pode reduzir os sintomas da doença, trazendo mais conforto.

Nervo ciático

Dor que atinge as regiões do nervo ciático — pernas, nádegas e coluna — e limita os movimentos durante o dia a dia de trabalho ou lazer. A quiropraxia, no entanto, lida com as tensões musculares e foco da dor, aliviando os sintomas.

Sistema nervoso

A quiropraxia atua diretamente nos desequilíbrios do sistema nervoso, tratando sintomas de doenças como depressão e ansiedade, permitindo o equilíbrio emocional.

Tensão muscular e lesões

A quiropraxia permite equilibrar o organismo de forma que os músculos fiquem mais relaxados. Logo, reduz tensões musculares que causam dores e desconfortos. No caso das lesões, a técnica também complementa o trabalho da fisioterapia, uma vez que não é invasiva e é de baixo impacto.

Problema locomotor

Aliada à fisioterapia, a técnica fortalece a coluna vertebral e o sistema nervoso, deixando-os mais aptos a realizar movimentos devolvendo a mobilidade.

Problema respiratório

Muitos dos problemas respiratórios comuns na população, como a rinite, podem ter ligação direta com o sistema musculoesquelético. A técnica trabalha o alinhamento da coluna vertebral e isso influencia diretamente na redução dos sintomas.

Fibromialgia

Responsável por dores intensas que atingem o corpo todo, a fibromialgia ainda não tem cura. No entanto, investir na quiropraxia como aliada para a redução de dores e manutenção da qualidade de vida é uma boa opção.

A quiropraxia é segura?

Por fim, é interessante mencionar que a quiropraxia, embora ainda não seja muito difundida no Brasil, é um procedimento bastante seguro e com efeitos altamente positivos para os colaboradores de uma organização. Em geral, pode ser realizado em pessoas de qualquer idade e oferece resultados duradouros.

Financeiramente, ajuda a evitar gastos futuros com afastamentos, ausências, planos de saúde e inaptidões para o trabalho. Assim, constitui uma forma alternativa e sustentável de cuidar da saúde física e emocional dos funcionários, além de demonstrar cuidado com o bem-estar corporativo e auxiliar na retenção de talentos.

Como utilizar a quiropraxia com seus funcionários?

Problemas como má postura, movimentos repetitivos, estresse e sedentarismo são comuns no ambiente organizacional. Essas experiências causam o desalinhamento entre as vértebras, impedindo que se movimentem normalmente, gerando dores e desconfortos, muitas vezes de difícil convivência.

Além disso, no longo prazo podem ocasionar doenças graves e influenciar diretamente o rendimento profissional do colaborador. A quiropraxia corrige aqueles desvios, ao mesmo tempo em que é bastante útil em tratamentos para irritação, estresse, tensão e demais mazelas que costumam acometer quem convive em um ambiente organizacional.

A quiropraxia é uma grande aliada das ações de saúde assistencial. Para sua realização na empresa, considere as medidas apontadas a seguir.

Tenha uma sala reservada

Para o atendimento aos colaboradores, o ideal é dispor de uma sala reservada para as avaliações e sessões quiropráticas. O ambiente deve ser agradável, a fim de que o funcionário fique à vontade e se desligue por alguns instantes da rotina laboral.

É preciso dispor de uma maca própria para o diagnóstico e as sessões de tratamento que, de modo geral, duram cerca de 15 a 30 minutos. As intervenções são realizadas com o colaborador utilizando suas roupas normais do dia a dia e oferecem resultados bem interessantes em curto prazo.

Avalie o quadro clínico

Para elaborar um programa de sessões periódicas de tratamento, o trabalhador deve passar, logo na primeira abordagem, por uma entrevista com o quiropraxista. Com isso, é possível saber o que mais incomoda e quais as regiões afetadas por má postura, movimentos repetitivos ou outra causa qualquer.

Por meio de testes específicos e palpação muscular e articular, o profissional de quiropraxia deve realizar uma avaliação inicial do quadro clínico. Definido o tratamento necessário, já podem ser iniciadas as manobras apropriadas a cada caso.

Aplique técnicas específicas

O tratamento em quiropraxia é sempre personalizado para cada caso. Desse modo, dispondo de diversas técnicas de abordagem e manipulação, o profissional deve fazer uso daquelas mais específicas para a condição apresentada pelo funcionário.

Assim, dores e desconfortos apresentados podem ser trabalhados, reduzidos e eliminados em algumas poucas sessões. Na maioria dos casos, uma aplicação precisa proporciona alívio já na primeira sessão.

Qual é seu impacto no ambiente organizacional da empresa?

O tratamento em questão é indicado para o ambiente corporativo justamente por atenuar algumas das maiores queixas dos colaboradores. É comum que alguns indivíduos trabalhem exageradamente com determinados grupos musculares em suas funções e sofram compensações posteriores, causando novas dores.

Além disso, algumas atividades já são mais estressantes por natureza e afetam o colaborador de modo cumulativo. Sabe-se que pessoas mais estressadas induzem a formação de um ambiente funcional mais tenso, que não é propício para a criatividade e a produtividade.

Considerando que 72% dos trabalhadores brasileiros sofrem de estresse, a implementação da quiropraxia na empresa constitui um grande avanço na redução dessas estatísticas. Na verdade, essa é uma realidade mundial.

Ao mesmo tempo, a empresa também se beneficia com a redução de despesas futuras com saúde e de ocasionais faltas ao trabalho, além de contribuir para menor necessidade de benefícios previdenciários e afastamentos. Da mesma forma, observa-se ainda a capacidade de reduzir sinistralidade no plano de saúde.

De todo modo, colaboradores mais dispostos operando em um ambiente mais saudável propiciam resultados muito melhores para os negócios. Nesse sentido, a implementação da quiropraxia no local de trabalho pode trazer vantagens às recomendações de atenção primária à saúde realizada na empresa.

Sabemos como é difícil encontrar equilíbrio entre a rotina profissional e a vida pessoal. Por isso, estamos sempre dispostos a buscar soluções capazes de otimizar o ambiente organizacional.

Assine nossa newsletter e tenha a informação necessária para construir e manter o bem-estar e a qualidade de vida dos colaboradores da sua empresa.

Author
admin
x

Solicite uma proposta






    Fale com consultor!

    Fale com um consultor