Sono e bem-estar: entenda a relação

Sono
Categoria: Saúde

Quando falamos sobre bem-estar, abordamos muito a atividade física, a alimentação saudável, o tabagismo e o estresse. Sempre nos esquecemos do sono.

A falta de um sono regular e suficiente pode provocar doenças cardiovasculares, metabólicas, como a diabetes, além de alterações do sistema imunológico.

Consequentemente, você fica mais susceptível a resfriados, dor de garganta e gripes. Também para desenvolver canceres? Acredito que seja bem possível.

O sono e o desenvolvimento de doenças

Vamos falar um pouco mais da relação entre o sono e a diabetes. Cientistas britânicos concluíram que pessoas que dormem menos de seis horas têm maior probabilidade de ter diabetes e pré-diabetes. Mais de 10 horas também. Se você dorme pouco, come mais e se dorme muito, queima menos energia.

Outra informação importante, a falta de sono altera os níveis de um hormônio chamado leptina, ligado a sensação de saciedade e aumenta a grelina, hormônio ligado ao apetite. Menos sono significa que você demorará em se sentir saciado e com mais fome. Vai engordar!

Mais uma grande novidade: o cérebro pesa quase 1,5Kg no adulto, ou seja, 2% da massa corporal, entretanto as células cerebrais consomem de 20 a 30% da energia consumida pelo corpo humano. Neste processo complexo são geradas proteínas e restos biológicos.

Estas substancias poderiam estar relacionadas a doenças neurodegenetivas como o Alzheimer. E advinha o que seria o “canal de esgoto” do cérebro? O sono!

Insônia: o que você precisa saber

A prevalência de insônia crônica entre os adultos varia de 3,9% a 22%, a depender da definição adotada.

Uma das classificações, a ICSD-3, define como insônia crônica a condição que se instala quando surge um ou mais dos seguintes problemas, pelo menos três vezes por semana, por pelo menos três meses:

  • Dificuldade para iniciar o sono.
  • Dificuldade para mantê-lo.
  • Acordar mais cedo do que o desejado.
  • Resistência para deitar num horário razoável.
  • Dificuldade para dormir sem um parente ou um cuidador.

Quando a duração desses transtornos é menor do que três meses, a insônia é classificada como de curta duração.

A insônia, além de muito chata, é um distúrbio que aumenta do risco de morte, doença cardiovascular, depressão, obesidade, dislipidemia, pressão alta e ansiedade.

Fique atento!

Se você toma remédios para dormir, converse com seu médico. Este sono sintético, também não faz bem.

Durma a quantidade de horas que o satisfaça, mesmo que isto implique a deitar mais cedo. Se acordar disposto, significa que a quantidade e qualidade do sono foram suficientes.

Invista em bem-estar.

BLOG DA BEECORP
Você também pode se interessar
Saúde
Pressão baixa: entenda como agir, sintomas e causas

Pressão baixa: entenda como agir, sintomas e causas Por: Christine Ornelas

Quando a pressão arterial se encontra abaixo dos valores considerados normais, ou seja, 9 por 6, estamos diante do que é clinicamente conhecido como pressão baixa ou hipotensão arterial,...
Saúde
Saúde coletiva: o que é, como promovê-la e atuações profissionais

Saúde coletiva: o que é, como promovê-la e atuações profissionais Por: Anderson Rodrigues

A promoção da saúde coletiva é resultado de um pensamento sistêmico relacionado à saúde da população no geral. A partir disso, um estudo abrangente investiga as doenças mais comuns...
Saúde
CID 10: o que é, como consultar, códigos e classificações

CID 10: o que é, como consultar, códigos e classificações Por: Anderson Rodrigues

A CID 10 é uma lista de códigos que classifica doenças e condições médicas em categorias. O objetivo é padronizar a nomenclatura das patologias para facilitar a identificação delas...
Saúde
Lombalgia (dor lombar): causa, sintomas, diagnóstico e tratamento

Lombalgia (dor lombar): causa, sintomas, diagnóstico e tratamento Por: Alice Araujo

Se você nunca teve lombalgia, certamente conhece alguém que já sofreu por causa dela. Segundo estudo da OMS (Organização Mundial da Saúde), nada menos que 80 a cada 100...
Saúde
Febre: o que é, causas, sintomas e mais!

Febre: o que é, causas, sintomas e mais! Por: Anderson Rodrigues

A febre é uma alteração comum associada a várias doenças. Infecções, estresse, viroses, entre outros problemas de saúde, como dor de cabeça intensa, podem ocasionar o aumento da temperatura...
Saúde
Ansiedade: quais são os sintomas e como controlar

Ansiedade: quais são os sintomas e como controlar Por: Paola Sobral

Essa sensação natural é um estado de angústia caracterizado pela sensação de medo, insegurança e incerteza. A ansiedade desencadeia diversos sintomas, como excesso de preocupação, pensamento acelerado, insônia, fobias,...
Saúde
Checkup: o que é feito, quais são os exames e frequência indicada

Checkup: o que é feito, quais são os exames e frequência indicada Por: Anderson Rodrigues

Muitas pessoas ainda costumam procurar o médico apenas quando estão doentes. No entanto, o ideal é que todos façam um checkup periódico para monitorar sua saúde, a fim de...
Saúde
Psicologia: áreas de atuação e o que faz um psicólogo

Psicologia: áreas de atuação e o que faz um psicólogo Por: Paola Sobral

A Psicologia se refere ao estudo do comportamento humano e sua relação com o meio. Ela se ramifica em diversas áreas específicas, como Psicologia Ocupacional, Comportamental, do Esporte, Clínica,...
Saúde
ASO: esclareça as principais dúvidas sobre o Atestado de Saúde Ocupacional!

ASO: esclareça as principais dúvidas sobre o Atestado de Saúde Ocupacional! Por: Anderson Rodrigues

O Atestado de Saúde Ocupacional (ASO) é um documento que comprova quando o trabalhador tem a condição de saúde adequada para executar certas funções. É uma exigência para todos...
SOLUÇÕES EM DESTAQUE
Qualidade de vida, Saúde e Ergonomia
Preparado para transformar pessoas e negócios?
O investimento em saúde, segurança e qualidade de vida impacta diretamente nos resultados da sua organização.
Fale com nossos especialistas
x

Solicite uma proposta







    Assine nossa newsletter

      Autor
      Carina Martins

      Head de Marketing e Inside Sales BeeCorp | Jornalista e Especialista em Comunicação Corporativa

      Deixe um comentário

      O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

      Fale com consultor!

      Fale com um consultor

        Cadastrar currículo