Como ajudar colaboradores com insônia? Entenda!

Como ajudar colaboradores com insônia? Entenda!
O que caracteriza a insônia?
Quais as consequências da insônia para o colaborador?
Como o RH pode auxiliar nesses casos?
Categoria: Qualidade de Vida

Pessoas com insônia formam um contingente cada vez maior no Brasil. Entre os anos de 2019 e 2021, foi observado um aumento acima de 42% nas prescrições de antidepressivos e medicamentos para auxiliar o sono entre o público feminino.

Como existem estudos anteriores, foi possível perceber os efeitos da pandemia no incremento de casos: pessoas com insônia no Brasil já somam mais de 73 milhões de brasileiros. Na verdade, os números já vinham crescendo, mas essa evolução foi acelerada com o período pandêmico e suas consequências.

Mas você tem ideia dos impactos desse problema no ambiente de trabalho? Continue a leitura e saiba como ajudar seus colaboradores com insônia.

O que caracteriza a insônia?

A insônia é um distúrbio do sono que consiste na dificuldade para dormir, inicialmente, mas também de manter sua qualidade ao longo da noite. Acordar mais cedo do que o habitual e não conseguir adormecer novamente também caracteriza a insônia.

Essa condição pode estar associada a outros eventos ou surgir isoladamente. Considerando que uma boa noite de sono regular é essencial para alcançar o equilíbrio na saúde, é preciso cuidar para que os episódios não se instalem.

Situações de hipervigilância e de preocupação excessiva com experiências da vida diária podem estar por trás da dificuldade de dormir ou da interrupção do sono. Isso quando não está relacionada a algum distúrbio da saúde, físico ou psiquiátrico.

No entanto, não se caracterizam como insônia experiências isoladas de uma ou duas noites mal dormidas. É importante observar um período de duas ou três semanas a fim de verificar se os eventos se repetem e não são ocorrências pontuais isoladas.

Quais as consequências da insônia para o colaborador?

As experiências de insônia podem trazer danos à saúde do indivíduo e à sua capacidade produtiva no trabalho. Além disso, esses eventos de noites mal dormidas podem agravar situações já existentes de desequilíbrios na saúde mental.

Sabe-se que os prejuízos à saúde mental em razão da privação do sono se manifestam até mesmo no funcionamento do próprio cérebro. Os efeitos podem ser diferentes em cada pessoa, mas alguns quadros se manifestam de forma generalizada.

A insônia gera algumas consequências cuja manifestação tende a se intensificar se os episódios se repetirem sistematicamente. Entre elas:

  • alterações de humor;
  • surgimento de ansiedade;
  • manifestações de irritabilidade;
  • indução ao estresse ou seu incremento;
  • perda da concentração;
  • sonolência ao longo do dia;
  • redução da produtividade;
  • danos à saúde mental.

A insônia é um fator que apoia o estabelecimento de quadros depressivos, assim como o agravamento desses. Por isso, deve-se ter um cuidado nesse sentido: a ansiedade resultante e o baixo desempenho no trabalho prejudicam a autoestima do colaborador e a impulsionam na direção da depressão.

Como o RH pode auxiliar nesses casos?

O estresse no ambiente de trabalho é um dos grandes indutores da experiência de insônia entre os colaboradores. Pensando não apenas nesse fator, mas na saúde mental da equipe, uma iniciativa de grande relevância é a empresa desenvolver programas de qualidade de vida e bem-estar.

Dentro de programas preventivos dessa natureza, o RH pode estimular a manifestação de colaboradores que estejam experimentando episódios de insônia ou de doenças mentais. A partir daí, o encaminhamento para uma avaliação das principais razões pode facilitar a abordagem corretiva.

De toda forma, o setor pode auxiliar esses colaboradores com ações práticas, especialmente aquelas voltadas para a prevenção. Conheça algumas delas, a seguir.

Desenvolver programas de bem-estar

Programas de bem-estar são iniciativas coordenadas de promoção da saúde e do bem-estar dos colaboradores. Sua importância maior reside no encorajamento para a mudança de estilo de vida, com efeitos dentro e fora do ambiente laboral.

De natureza essencialmente preventiva, podem incluir, entre outras medidas:

  • atividades de acompanhamento médico;
  • palestras e apresentações;
  • fornecimento de material instrutivo e orientador.

Esses programas não apenas têm caráter preventivo, como ajudam os colaboradores no exercício pessoal de identificação das diferentes situações de risco potencial à saúde. Além disso, são muito bons instrumentos de educação para o bem-estar e a saúde.

Promover palestras de conscientização

As iniciativas pessoais para evitar experiências de insônia dependem de conhecimentos práticos dos quais, muitas vezes, a maioria não dispõe. Além disso, pode ser necessária a mudança de hábitos que impedem uma boa noite de sono.

Assim, promover palestras de conscientização da importância do sono de qualidade e o que fazer para resgatá-lo é uma estratégia de grande auxílio para os colaboradores.

Orientar para procedimentos de higiene do sono

A higiene do sono é um conjunto de medidas como a adoção de comportamentos saudáveis e o preparo de condições ambientais adequadas ao sono de qualidade na duração necessária. O RH da empresa pode promover uma apresentação específica para orientar como promover tal mudança.

Veja, a seguir, como proceder:

  • definir um horário para deitar e dormir, assim como para acordar e levantar;
  • manter o ambiente do quarto com a aeração necessária e com iluminação reduzida;
  • garantir condições de conforto para o sono;
  • desenvolver uma rotina pessoal relaxante, que impacta na qualidade do sono;
  • reduzir o uso de equipamentos eletrônicos e do celular próximo ao horário destinado ao sono;
  • reduzir o consumo de alimentos antes de se deitar;
  • manter uma rotina de atividade física diária;
  • não ir para a cama estressado.

Formar um RH consciente

O papel do RH nas organizações é cada vez mais relevante, à medida que a gestão de pessoas e o estado de saúde mental dos colaboradores vão ganhando importância na administração moderna. Para fazer frente a essas novas demandas, é preciso contar com um setor consciente das suas atribuições.

Ao mesmo tempo, poder contar com parcerias de empresas especializadas em qualidade de vida e bem-estar no ambiente laboral faz toda a diferença nos resultados. Assim, capacite e treine seu pessoal e adote uma parceria experiente.

Como vimos, a insônia pode trazer danos ao colaborador e à sua capacidade produtiva, o que exige da empresa um cuidado estratégico para não comprometer seus resultados. Nesse sentido, o RH tem papel crucial nas iniciativas que visam a solucionar os casos e, principalmente, prevenir novas ocorrências.

Quer acompanhar as novidades sobre gestão de pessoas? Assine nossa newsletter.

BLOG DA BEECORP
Você também pode se interessar
Qualidade de Vida
Sentimentos e emoções: entenda tudo sobre esses conceitos

Sentimentos e emoções: entenda tudo sobre esses conceitos Por: Christine Ornelas

Os sentimentos são a percepção que cada pessoa tem sobre as suas próprias emoções. É algo mais subjetivo, porém, percebido de maneira consciente. Basicamente, é o sentido que cada...
Qualidade de Vida
Terapia: entenda a importância e qual a mais indicada para você

Terapia: entenda a importância e qual a mais indicada para você Por: Paola Sobral

A busca pelo equilíbrio emocional e mental é uma jornada fundamental na vida das pessoas. Nesse caminho, a terapia (online ou presencial) emerge como uma ferramenta valiosa. Afinal, ela...
Qualidade de Vida
Paralisia do sono: entenda o que é e como evitar

Paralisia do sono: entenda o que é e como evitar Por: Felipe Alvares

Causada, principalmente, por traumas, estresse e outros transtornos psiquiátricos, a paralisia do sono pode ser evitada. Uma das maneiras é manter a saúde mental em dia. Esse distúrbio consiste...
Qualidade de Vida
Endorfina: tudo sobre esse hormônio e como aumentar

Endorfina: tudo sobre esse hormônio e como aumentar Por: Luíza Terra

Embora a sensação de bem-estar envolva nossas emoções, ela está relacionada a eventos químicos que acontecem em nosso organismo. Para que uma pessoa se sinta bem, seu cérebro precisa...
Qualidade de Vida
Narcisismo: entenda tudo sobre o Transtorno de Personalidade Narcisista

Narcisismo: entenda tudo sobre o Transtorno de Personalidade Narcisista Por: Paola Sobral

O narcisismo é um transtorno de personalidade que leva o indivíduo a ter um comportamento arrogante, insensível e manipulador. O narcisista acredita ser especial e superior, com direitos especiais....
Qualidade de Vida
Auriculoterapia: você sabe o que é e para que serve?

Auriculoterapia: você sabe o que é e para que serve? Por: Luíza Terra

A partir de Auriculoterapia é possível tratar diversos problemas que afetam a saúde do ser humano, a partir de um mapa de pontos no pavilhão auricular. Nesse sentido, a...
Qualidade de Vida
LGBTQIAPN+: o que significa cada letra e o contexto por trás da sigla

LGBTQIAPN+: o que significa cada letra e o contexto por trás da sigla Por: Felipe Alvares

A sigla LGBTQIAPN+ representa diferentes identidades de gênero e orientações sexuais. Por ser mais abrangente, ela acolhe uma quantidade maior de pessoas. Também substitui as siglas GLS e LGB,...
Qualidade de Vida
Resiliência: entenda o conceito e como ser mais resiliente

Resiliência: entenda o conceito e como ser mais resiliente Por: Paola Sobral

O significado de resiliência vem da física, que significa a capacidade de um material voltar ao seu estado original após sofrer alguma deformação. No campo da Psicologia, se refere...
Qualidade de Vida
Fonoaudiologia: entenda tudo sobre essa profissão

Fonoaudiologia: entenda tudo sobre essa profissão Por: Anderson Rodrigues

O fonoaudiólogo é o profissional da área de saúde graduado em fonoaudiologia. Ele auxilia pessoas de todas as idades no desenvolvimento ou no restabelecimento de funções e habilidades relacionadas...
SOLUÇÕES EM DESTAQUE
Qualidade de vida, Saúde e Ergonomia
Preparado para transformar pessoas e negócios?
O investimento em saúde, segurança e qualidade de vida impacta diretamente nos resultados da sua organização.
Fale com nossos especialistas
x

Solicite uma proposta







    Assine nossa newsletter

      Autor
      Carina Martins

      Head de Marketing e Inside Sales BeeCorp | Jornalista e Especialista em Comunicação Corporativa

      Deixe um comentário

      O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

      Fale com consultor!

      Fale com um consultor

        Cadastrar currículo